BMW Série 7 está mais luxuoso e tecnológico do que nunca

0
374

A recém apresentada sexta geração do BMW Série 7 é a mais tecnológica já feita. O topo de gama da BMW terá duas opções de carroceria: normal ou com entre-eixos alongado. A tração pode ser traseira ou integral xDrive. No Brasil, o carro chega no primeiro trimestre de 2016, ainda sem definição de preços.

O peso diminuiu em 130 kg graças a utilização de um material sintético reforçado com fibra de carbono na zona da cabine. Central multimídia comandada por gestos e um tablet para os passageiros do banco traseiro, que permite visualizar e comandar as funções do veículo e ainda pode ser transportado para fora do carro, dão o ar de sofisticação. Juntamente com o sistema que permite escolher dentre oito fragrâncias aquela que irá perfumar o interior da cabine. No pacote de tecnologias, sensores são capazes de identificar o risco de perda de controle e manter a trajetória do veículo, mesmo que o motorista tire as mãos do volante.


O série 7 terá quatro opções de motores: duas a gasolina (seis cilindros 3.0 de 326 cv e V8 4.4 de 445 cv) e uma variante híbrida (um 2.0 a gasolina associado a propulsor elétrico), que segundo o fabricante oferece uma potência combinada de 326 cv e um consumo declarado de 47,6 km/l (43,5 km/l na versão alongada) e uma emissão de CO2 de 49 g/km. Um 3.0 de seis cilindros movido a diesel também equipará o modelo de luxo da BMW.