BMW X1 vira híbrido plug-in e recebe retoques no visual

Configuração xDrive25e terá autonomia de até 50 km no modo 100% elétrico

BMW X1 2020 (Divulgação)

Os retoques no visual e o lançamento de uma versão híbrida plug-in são as principais novidades do BMW X1 2020. O SUV chega ao mercado europeu no 2º semestre e ainda não tem previsão de desembarcar no Brasil.

Em comparação com o X1 montado em Araquari (SC), o novo X1 ganhou uma nova grade frontal — que segue o estilo dos recém-lançados Série 7 e Série 1 — novos faróis e lanternas e para-choques redesenhados. Nas laterais, a novidade são os retrovisores que projetam no solo o logo “X1” quando as portas são destravadas.

O X1 será oferecido no lançamento apenas com motores a diesel e gasolina. Serão duas opções de tração (dianteira e integral) e três de câmbio (manual de seis marchas, automatizada de sete marchas e dupla embreagem e automática de oito marchas).

Mas já está confirmada a versão híbrida plug-in xDrive25e, cuja produção terá início em março do próximo ano. De acordo com a BMW, o X1 híbrido será capaz de rodas até 50 kg apenas com o uso do motor elétrico.