BMW X3 também excede limite de emissões, aponta revista

0
527
Em comunicado, fabricante negou uso de artifícios para burlar as leis (Foto: BMW)

O escândalo de adulteração de testes antipoluição pode não afetar somente a Volkswagen. É o que aponta uma reportagem publicada no site da revista alemã Auto Bild, que indica que o BMW X3 xDrive 20d, versão do crossover equipada com um motor 2.0 diesel de quatro cilindros, não teria atendido as exigências do regime de emissões Euro 6 em testes de estrada.

O problema foi identificado em teste do ICCT (sigla em inglês para Conselho Internacional de Transporte Limpo), organização internacional que informou a agência ambiental dos EUA a respeito da discrepância nos dados dos motores a diesel da Volkswagen. Na avaliação, o crossover alemão emitiu nas ruas um nível 11 vezes maior de óxidos de nitrogênio do que o permitido pela legislação.


“Todos os dados medidos sugerem que este não é um problema específico da Volkswagen”, afirmou à Auto Blid o diretor administrativo do ICCT, Peter Mock.

Em comunicado, a BMW negou o uso de artifícios para burlar as leis de emissões de poluentes e destacou que não há diferenças entre os resultados obtidos pelos seus automóveis em testes de estrada ou em laboratório. A empresa disse desconhecer o teste do ICCT e informou que irá entrar em contato com a organização para pedir esclarecimentos.