Bolsonaro confirma CNH com limite de 40 pontos e validade de 10 anos

Presidente também quer o fim de radares em rodovias federais e promete medida provisória para mudar os atuais limites da Carteira Nacional de Habilitação

Presidente Jair Bolsonaro defende o prazer ao dirigir (Foto: Reprodução/SBT)

Em entrevista ao programa “Silvio Santos”, na noite deste domingo (5), o presidente Jair Bolsonaro falou que o brasileiro “não sente mais prazer em dirigir” e prometeu uma medida provisória para aumentar o limite de pontos tolerados em uma Carteira Nacional de Habilitação (de 20 para 40), reduzir o número de radares em rodoviais federais e ainda aumentar o tempo de validade da CNH, de 5 para 10 anos.

“Vinte pontos se perde com facilidade. O motorista é emboscado em todo lugar. Você não tem mais prazer em dirigir, está cheio de radar. O radar extrapolou a ideia de proteger a vida, virou caça-níquel para aumentar arrecadação. É dinheiro do povo”, afirmou o presidente.

Jair Bolsonaro ainda afirmou a Silvio Santos que existiam cerca de 8 mil pedidos para instalação de novos radares, que foram arquivados assim que assumiu o governo. De acordo com o presidente, os radares das rodovias federais devem ser removidos na medida em que os contratos com as empresas forem se encerrando.