Bonita, boa de guiar e agora mais segura


Diversão garantida: esta é a sensação ao montar na CB 300R, uma moto bonita, com ótimo desempenho e muito ágil na cidade. O fato é que a Honda acertou mais uma vez. Se a antiga Twister 250 cm3 já era bem aceita no mercado, a CB 300R está no mesmo caminho: em janeiro e fevereiro deste ano já foram vendidas 11.098 unidades, contra apenas 3.141 emplacamentos de sua principal concorrente, a Yamaha Fazer 250 cm3, que também sofreu uma reestilização este ano.

Com a nova injeção eletrônica, os limites de emissão de poluentes foram respeitados. Abaixo, as alças de segurança para o passageiro e o motor de 300 cm3, mais potente e mais sofisticado que o anterior

A maior novidade deste novo modelo 2010 está na segurança: novos freios com o sistema antitravamento combined ABS (C-ABS), exclusivo no segmento, que não deixa a moto dar derrapadas e rabeadas. Ele funciona de forma combinada – sempre que se usa o freio traseiro, o dianteiro é automaticamente ativado, de forma controlada; quando se usa o freio dianteiro, no entanto, não há interferência do sistema. Na prática, o resultado são frenagens mais precisas em pistas molhadas, sem perda do controle e sem risco de derrapagem. Se você acha importante ter mais segurança, vale a pena pagar R$ 2.500 pelo opcional.

No mais, agora com 300 cm3 e um consequente aumento de 13% no torque, a nova Honda proporciona uma excelente condução na cidade, com retomadas bem mais rápidas, e não exige que se façam muitas trocas de marcha nas subidas. Já na estrada, ela tem um desempenho melhor que o modelo antigo, mas ainda assim não é apropriada para viagens longas. O novo design, que segue o de sua irmã maior, a Hornet, tem banco mais fino, proporcionando mais conforto, e guidão mais alto e próximo, garantindo uma excelente posição de pilotagem.

A Honda também desenvolveu um sistema novo de alimentação, o PGM-FI (injeção programada de combustível), criado para atender aos novos limites de emissões, mas manteve o comando duplo de válvulas no cabeçote e aumentou o diâmetro do pistão e dos dutos de admissão e exaustão, aumentando a potência para 26,53 cv (eram 24 cv) e o torque para 2,81 kgfm (eram 2,48 kgfm). A nova caixa de câmbio de cinco velocidades (eram seis) facilita as reduzidas e exige mudanças menos frequentes.

Os pneus estão mais largos e com perfil fino, dando mais segurança na hora de uma pilotagem mais esportiva, com rodas de alumínio aro 17 M/C. Os pneus dianteiros são 110/70 e os traseiros, 140/70, garantindo maior estabilidade e aderência. O também novo chassi, do tipo berço semiduplo em aço tubular, com maior rigidez, garante ao piloto uma dirigibilidade ainda melhor.

Ficha técnica Honda CB 300R

Motor: 291,6 cm3, quatro tempos, quatro válvulas, arrefecido a ar. Transmissão: por corrente, cinco velocidades.

Suspensão: dianteira: garfo telescópico com 130 mm de curso;

traseira: monoamortecida com 105 mm de curso.

Dimensões: comprimento: 2,09 m / largura: 0,75 m / entre-eixos: 1,40 m / altura: 1,04 m.

Peso: 148 kg.

GASOLINA

Potência: 26,53 cv a 7.500 rpm.

Torque: 2,81 kgfm a 6.000 rpm.

Vel. máxima: n/d. 0 a 100 km/h: n/d.

Consumo: n/d.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

COMPARTILHAR
Notícia anteriorMercado
Próxima notíciaEconomia básica