Brasil adia novamente adoção da placa Mercosul

0
4648
Reprodução

Uma resolução publicada no Diário Oficial da União nesta quinta-feira (8) adiou novamente a adoção da placa padrão Mercosul nos veículos registrados no Brasil, que agora não tem mais prazo para entrar em vigor.

Inicialmente prevista para estar nos carros novos emplacados a partir de 1º de janeiro deste ano, o prazo para adoção do novo padrão foi adiado pela primeira vez em maio do ano passado. Na ocasião, ficou decidido que a nova placa entraria em vigor em 1º de janeiro de 2017, sob a justificativa de atraso no desenvolvimento do sistema de criação de combinações.


A Resolução nº 620 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) determina agora que as placas Mercosul só poderão estar nos automóveis no prazo de um ano após o Denatran atestar a implantação de um “sistema de consultas e de intercâmbio de informações” sobre a circulação de veículos do bloco econômico. Em nota, o Contran informa que este prazo ainda não foi definido.

Dentre os países do Mercosul, Uruguai e Argentina já adotaram o novo padrão de identificação de automóveis. As placas visualmente serão idênticas entre os países (brancas com faixa azul no topo), diferindo apenas na combinação de letras e números.