Brasil: o país dos carros brancos

De cor pouco procurada e muitas vezes rejeitada por deixar o veículo com a cara dos táxis paulistanos, o branco conquistou definitivamente a preferência do público brasileiro. De acordo com um levantamento realizado pela fabricante de tintas PPG, a cor foi a escolha de 37% dos compradores de automóveis novos em 2016.

O ex-lider, a cor prata, segue na segunda colocação, com 29% da preferência, seguido por preto (12%), cinza (10%) e vermelho (8%).

Curiosamente, a procura pelo tom é maior entre os donos de veículos de luxo (40%) do que entre os populares (35%). Com o resultado, o Brasil segue a preferência global pelos carros brancos. No ranking global do fabricante, a cor lidera com 38%, seguido de preto (16%), prata (12%) e cinza (10%). As quatro pinturas, somadas, representam 75% dos carros produzidos em 2016, de acordo com os dados da PPG.

Veja também

+ A biblioteca básica do motociclista cool

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial

+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar