Brasileiros Puma GT e Bianco S vão a leilão nos EUA


Os anos 1970 e 1980 foram prósperos para a indústria automobilística brasileira. Com a proibição das importações, vários pequenos fabricantes assumiram a tarefa de produzir máquinas com mecânica dos grandes fabricantes e carrocerias de desenho exclusivo. E duas máquinas clássicas desde período, um Puma GT de 1972 e um Bianco S de 1979, fazem parte das atrações de um leilão que será realizado nesta semana em Fort Lauderdale, no estado americano da Flórida.

O Puma é um dos 330 exemplares produzido com a carroceria cupê para o mercado nacional naquele ano (a marca chegou a exportar kits desmontados para os EUA, o que não é o carro deste exemplar). Completamente restaurado, o fora-de-série está equipado com uma carburação dupla Solex e com rodas de liga leve, então oferecidos como opcional.

Sem o mesmo sucesso do Puma no exterior e com produção ainda mais limitada, este Bianco S é do último ano de produção do modelo e está todo original, com destaque para o volante de madeira e o interior todo forrado em couro.

E melhor notícia é que o valor de venda estimado para cada um dos esportivos está longe de ser uma fortuna: US$ 15 mil (R$ 55,3 mil) para o Puma e US$ 20 mil (R$ 73 mil) para o Bianco. Se você estiver morando nos Estados Unidos, é uma oportunidade para você levar um pedaço do Brasil para casa…

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel