Bugatti mostra em Genebra o último Veyron de produção

0
64
Divulgação

Além de marcar a chegada de vários modelos, a próxima edição do Salão de Genebra, que será realizado em março, na Suíça, será lembrada também pelo último exemplar de produção do Bugatti Veyron.

Em entrevista à revista alemã Auto Motor und Sport, o chefão da marca, Wolfgang Dürheimer, afirmou que o Veyron de número 450 será um dos destaques da mostra. Não foram divulgados detalhes técnicos do superesportivo, mas acredita-se que o exemplar ainda em produção seja da versão Grand Sport Vitesse, equipada com o W16 8.0 de monstruosos 1.200 cv.

O Veyron ficou famoso na época do seu lançamento, em 2005, por ser o mais rápido carro de produção em série e o primeiro a ultrapassar a marca dos 400 km/h (434 km/h na versão Super Sport). Desde o ano passado, o recorde histórico do superesportivo franco-alemão (o modelo é montado na França, mas a Bugatti é parte do Grupo Volkswagen) foi superado pelo americano Hennessey Venom GT, que atingiu 435 km/h.


A Bugatti prepara para os próximos anos um sucessor para o Veyron, que será equipado com um propulsor híbrido para ultrapassar a marca dos 1.500 cv.