Caminhões elétricos atingem os 4.302 metros de altitude de Pikes Peak

Os modelos Peterbilt 579EV e Kenworth T680E venceram a icônica subida de montanha Pikes Peak International Hill Climb (PPIHC), nos Estados Unidos

Caminhões vencem a subida de montanha Pikes Peak
Foto: Divulgação

Os caminhões Kenworth T680 e Peterbilt 579EV concluíram a icônica subida de montanha Pikes Peak International Hill Climb (PPIHC), em Colorado Springs, nos Estados Unidos. O percurso com 12,42 milhas de extensão (ou 19,99 km) possui 156 curvas sinuosas e a bandeira quadriculada é dada aos 4.302 metros de altitude. Não à toa a prova ficou conhecida por “The Race To The Clouds” ou “A Corrida às Nuvens”, em tradução livre.


O Kenworth T680E é equipado com célula de combustível para oferecer 476,5 cv de potência e um alcance de até 563 km, dependendo da aplicação. O tempo de recarga é de 15 minutos e, segundo informações do fabricante, a empresa junto da Toyota Motor North America trabalham para desenvolver dez modelos T680E com emissão zero.

+ Cadastrados do Bolsa Família podem ter CNH gratuita
+ Lamborghini e Ducati criam motocicleta exclusiva
+ Ferrari 488 GTE é o novo kit da linha Lego Technic
+ Raridade: Cizeta V16T aparece à venda

Do outro lado (à esquerda na imagem), o Peterbilt 579EV emprega um conjunto elétrico fornecido pela Meritor alimentado por baterias de fosfato de ferro de lítio para percorrer até 241 km. Estão disponíveis 679,2 cv de potência e o sistema regenera a energia de volta à bateria durante as frenagens ou ao enfrentar declives. Atualmente, 22 unidades do Peterbilt 579EV estão nas estradas. Entretanto, o início da produção está agendado para o segundo trimestre do próximo ano.

Segundo a marca, o tempo estimado para “encher o tanque” do 579EV é de aproximadamente três ou quatro horas plugado em uma estação de recarga de corrente contínua. Um diferencial estético frente aos modelos “normais” aparece nos detalhes do exterior pintados de azul.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel