Campeões no carro e na bola

Mãe Dinah já morreu, mas as previsões continuam em alta neste mês que abre a Copa do Mundo. A grande pergunta é: quem será campeão mundial nos gramados brasileiros? Sem intenção de prever
nada, mas sim de mostrar fatos curiosos, MOTOR SHOW foi pesquisar quais foram os campeões mundiais de Fórmula 1 nos anos de Copa do Mundo, uma vez que esse evento só acontece a cada quatro anos, para depois comparar se a nacionalidade do piloto era a mesma dos campeões mundiais de futebol. 

Como a Fórmula 1 só começou a ser disputada em 1950, ignoramos as Copas de 1930, 1934 e 1938, vencidas pelo Uruguai (a primeira) e pela Itália (as duas seguintes). De 1950 até 2010 foram  realizados 16 mundiais da Fifa. Nesses anos, o Brasil ganhou cinco Copas, a Alemanha faturou três, Argentina e Itália levaram duas e quatro países venceram uma vez: Uruguai, Inglaterra, França e  Espanha. Quanto aos títulos da Fórmula 1 em anos de Copa, a Alemanha conquistou três, Brasil, Inglaterra e Finlândia ganharam dois e sete países faturaram um campeonato: Itália, Argentina,
França, Espanha, Austrália, Áustria e Estados Unidos. Nunca na história um país conseguiu ser campeão mundial de futebol e da Fórmula 1 no mesmo ano. Mas será que houve coincidências? Houve. E muitas!

• Nos dois anos em que a Inglaterra foi campeã de Fórmula 1 (Hawthorn em 1958 e Hill em 1962), a Copa do Mundo cou com o Brasil.

• Nos dois anos em que o Brasil foi campeão de F1(Fittipaldi em 1974 e Senna em 1990), a Taça Fifa foi levantada pela Alemanha.

• Inversamente, em dois dos três títulos da Alemanha na Fórmula 1 (Schumacher em 1994 e 2002), a Copa do Mundo também cou com o Brasil – somente na terceira ocasião (Vettel em 2010) houve outro campeão, a Espanha.

• Nos dois anos em que a Finlândia foi campeã nas pistas (Rosberg em 1982 e Hakkinen em 1998), o campeão na bola foi um país que joga com camisa azul e calção branco (Itália em 1982, França em 1998) e essas seleções desbancaram o mesmo favorito para os títulos (o Brasil de Zico em 1982 e o Brasil de Ronaldo em 1998).

• Nas três vezes em que o carro campeão foi a Lotus (1962, 1970 e 1978), o campeão do futebol foi um país sulamericano (Brasil em 1962 e 1970, Argentina em 1982). 

• Nas três vezes em que a Alemanha levantou a Copa do Mundo da Fifa, o título da Fórmula 1 cou nas mãos de um piloto sul-americano (Fangio em 1954, Fittipaldi em 1974 e Senna em 1990).

• O único piloto que conseguiu ganhar mais de um título em ano de Copa do Mundo foi Schumacher (1994 e 2002), e nas duas vezes a taça cou com o Brasil.

Quem pode ser campeão de Fórmula 1 em 2014? Listamos Lewis Hamilton (Inglaterra), Nico Rosberg (Alemanha), Fernando Alonso (Espanha), Sebastian Vettel (Alemanha) e Daniel Ricciardo. Se um deles ganhar o título e a escrita for mantida, a Seleção Brasileira pode encomendar as faixas. Pelas coincidências, o Brasil teria três chances: Hamilton, Rosberg e Vettel. A Espanha teria duas chances: Rosberg ou Vettel (ambos campeões em 2010). A Itália teria uma chance: Alonso (ambos foram campeões em 2006). E a Inglaterra uma se der zebra: Ricciardo, da Austrália. Mas pode ser que foram as seleções que deram sorte aos pilotos…

Por essa nem Mãe Dinah esperava.

COMPARTILHAR
Notícia anteriorAUDI Q7
Próxima notíciaUm Mini para lá de inusitado