Carro voador elétrico Aska já está disponível em pré-venda

A startup NFT Inc. iniciou a pré-venda do carro voador Aska. Com propulsão elétrica, ele possui seis rotores nas asas retráteis e motores nas rodas

0
168
Aska
Foto: twitter/NFT Inc.

O Aska é um carro voador desenvolvido pela startup israelense/americana NFT Inc. E a boa notícia é que ele está em fase de pré-venda por US$ 789.000 (aproximadamente R$ 4.297.761, em conversão direta).

A solução em transporte é um veículo “fly and drive” podendo ser dirigido pelas ruas/estradas e pilotado pelos céus. Aliás, o Aska oferece tanto a capacidade de decolar ou de pousar verticalmente, como um helicóptero, quanto de levantar voo igual a uma aeronave comum de uma pista curta. A capacidade é de quatro ocupantes.

Foto: twitter/NFT Inc.

+ Novo Honda HR-V híbrido terá motor 1.5 e dois propulsores elétricos
+ Novo Renault Zoe estreia com visual renovado e autonomia de até 385 km
+ BMW M5 Competition chega ao Brasil por mais de R$ 1 mi
+ Fiat Toro 2022 ganha motor 1.3 turbo e novas tecnologias

Segundo a NFT Inc., o veículo/avião elétrico possui seis rotores instalados nas asas e braços retráteis e ainda oferece uma velocidade máxima de 241 km/h e um alcance de até 400 km – em terra firme, os propulsores elétricos instalados nas rodas permitem alcançar a máxima de 110 km/h. Para aumentar o alcance estará disponível um extensor a hidrogênio.

Com dimensões enxutas, o carro voador Aska pode ser estacionado em vagas comuns, porém, para voá-lo será preciso ter uma licença de piloto. Embora haja sistemas autônomos. Além disso, em segurança, o Aska oferece um paraquedas – da mesma forma que o avião Cirrus SR22.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel