Carros diferentes, mas com o mesmo nome

O caso dos Peugeot 207 brasileiro e europeu não é o único em que uma mesma designação foi usada em dois automóveis distintos. Confira outros

7014

Seja por motivos culturais ou por razões burocráticas, é comum na indústria automobilística que um mesmo carro tenha vários nomes de acordo com o mercado em que são vendidos (leia mais aqui). O que é menos comum é que uma mesma designação seja dada a modelos diferentes por um mesmo fabricante… e algumas vezes no mesmo período de tempo. Confira abaixo alguns exemplos.

Dodge Charger (Brasil) vs. Dodge Charger (EUA)

Entre 1971 e 1980, a Chrysler fabricou no Brasil o cupê Charger, derivado do Dart americano do final dos anos 1960 e cuja versão esportiva R/T era objeto de desejo na década de 1970. E na mesma época, o nome era utilizado nos Estados Unidos em outro cupê, maior e com linhas bem diferentes do carro produzido em São Bernardo do Campo (SP).

Nissan Versa (Brasil) vs. Nissan Versa (EUA)

Inicialmente importado do México e atualmente feito em Resende (RJ), o Versa é conhecido no Brasil como a variação de três volumes do hatch March. Nos Estados Unidos, porém, o mesmo nome era empregado nos anos 2000 em um hatch médio, que era vendido por aqui como Tiida.

Peugeot 207 (Brasil) vs. Peugeot 207 (Europa)

Ao mesmo tempo em que fabricava na Europa o 207 ‘real’, a Peugeot produzia no Brasil um 207 voltado para o mercado latino, que nada mais era do que um 206 com retoques no visual. Curiosamente, o modelo chegou a ser oferecido aos europeus, mas com o nome de 206 Plus.

VW Bora (Brasil) vs. VW Bora (México)

Nos dois países, o nome identificava o sedã derivado do Golf. Mas enquanto no Brasil o nome era usado pelo três volumes baseado no Golf de quarta geração, no México ele designava o sedã do Golf de quinta geração (que era vendido com Jetta no Brasil…).

VW Pointer (Brasil) vs. VW Pointer (México e Rússia)

Por aqui, o VW Pointer era um hatch médio produzido nos tempos da Autolatina e que compartilhava a plataforma com o Ford Escort. Mas nos mercados russo e mexicano, durante muito tempo Pointer era o nome usado pelo compacto Gol.

blog comments powered by Disqus