Chevrolet Captiva renasce na Ásia

Com porte do Equinox, SUV médio estreia ainda este ano e virá para a América do Sul

Chevrolet Captiva (Divulgação)

Substituído pelo Equinox no mercado brasileiro, o Chevrolet Captiva renasceu no mercado asiático, onde fará a sua estreia oficial no Salão de Bangkok (Tailândia), que abre ao público na quarta-feira (27). E já está confirmado para a América do Sul.

O novo Captiva será produzido na China pela SAIC e é uma versão para a Chevrolet do chinês Baojun 530. Com dimensões semelhantes às do Equinox, o SUV médio se diferencia pela oferta de sete lugares.

A nova geração do SUV começa a ser oferecida na Ásia no segundo semestre deste ano. A marca não divulgou a ficha técnica do modelo. Mas se seguir o Baojun 530, o novo Captiva terá duas opções de motores a gasolina (1.5 turbo de 150 cv e 1.8 aspirado de 137 cv) e quatro opções de transmissão, incluindo um automatizado de seis marchas e dupla embreagem (1.5).