Chevrolet pede registro do nome Cruze Premier no Brasil

A General Motors ainda não confirma as versões do novo Chevrolet Cruze no Brasil. Mas o nome Cruze Premier, que se refere à versão de topo da segunda geração do modelo nos Estados Unidos, já consta nos registros de patentes do Inpi (Instituto Nacional da Propriedade Industrial). O novo sedã médio será uma das atrações do Salão de São Paulo deste ano.

O pedido de registro do nome, feito em novembro do ano passado, também dá algumas pistas sobre a configuração mecânica do modelo. No mercado americano, esta versão Premier é a única que conta com a suspensão traseira do tipo “barra Z”, enquanto as outras seguem com o tradicional eixo de torção.

Por lá, o Cruze Premier traz ainda um pacote de equipamentos de segurança com alerta de ponto cegos, mudança de faixa e de colisão frontal, sistema de som premium com nove alto-falantes e uma central multimídia com tela de oito polegadas.

O motor é o mesmo 1.4 turbo de 153 cv em todas as versões, com a opção dos câmbios manual e automático de seis marchas.

Equinox e Malibu?

Na mesma área do site do Inpi que encontramos o nome do novo Cruze, flagramos também os pedidos dos nomes Equinox Premier e Malibu Premier.

O primeiro é um crossover médio, que é montado sobre a mesma plataforma do Chevrolet Captiva vendido no Brasil.

Já o segundo é o sedã grande que ganhou uma nova geração no ano passado. O carro chegou a ser oferecido no mercado brasileiro nas gerações passadas, mas não obteve muito sucesso. Seria esta uma nova tentativa de emplacar novamente o sedã como um concorrente de carros como o Ford Fusion e o Honda Accord.

Veja também

+ A biblioteca básica do motociclista cool

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial

+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar