Chevrolet S10 completa 20 anos de liderança dentre as picapes médias


Com 33,3 mil unidades emplacadas no ano passado, a picape média Chevrolet S10 fechou mais um ano na liderança do segmento no Brasil, posto que ocupa desde o lançamento no País, em 1995. Confira abaixo a trajetória do modelo no mercado nacional, onde o modelo já ultrapassou a marca de 600 mil exemplares vendidos.

1995 — Primeira geração

Divulgação
Divulgação

Com algumas modificações em relação ao modelo americano de segunda geração, a S10 foi lançada em março, apenas na configuração cabine simples, duas versões (básica e Deluxe) e com o motor 2.2 a gasolina de 106 cv. No ano seguinte, o modelo ganhou a opção das cabines dupla ou estendida e o motor 4.3 V6 a gasolina de 180 cv, importado dos EUA.

1999 — Primeira reestilização

Divulgação
Divulgação

A picape ganhou novo para-choque dianteiro, luzes de neblina redesenhadas e lanternas de seta incolores. Neste ano, a S10 ganhou a versão de luxo Executive e a opção dos freios ABS e airbag para o motorista.

2001 — Nova mudança

Divulgação
Divulgação

A picape passou por mudanças mais profundas de estilo, com novos capô, para-choque, faróis e os para-lamas redesenhados. Na mecânica, o motor 2.2 deu lugar a um 2.4 de 128 cv.

2009 —Novidades no interior

Divulgação
Divulgação

Depois de um longo período sem grandes mudanças, a primeira geração da S10 passou pela sua última reestilização, com um painel de instrumentos redesenhado, nova grade dianteira, para-choque e diversos apliques plásticos.

2012 — Nova geração

Divulgação
Divulgação

A geração mais recente do utilitário vai completar quatro anos de mercado, com três opções de carroceria (cabine-chassi, cabine simples e dupla), três motorizações (2.4 e 2.5 a gasolina e 2.8 turbodiesel), opção de tração 4×4 e seis níveis de acabamento (LS, LT, LTZ, Advantage, Freeride e High Country).