Chinesa BYD cria carro elétrico com câmbio manual e embreagem

O carro ganhou um câmbio convencional mesmo sem precisar; entenda o motivo

0
384
BYD e3
BYD e3

Uma das características da maioria dos carros elétricos é a ausência de um câmbio convencional, já que os seus motores desenvolvem torque máximo desde a partida e — para usar a marcha à ré — basta um comando para inverter a rotação do motor. Pois os chineses da BYD resolveram desafiar essa noção e oferecer uma variação do sedã elétrico e3 trazendo um câmbio manual convencional e embreagem.

+ Estrada do futuro vai carregar carros elétricos sem o uso de cabos
+ Veja dicas para prologar a vida da bateria do carro elétrico
+ Teste Rápido: 100% elétrico, Renault Zoe está mais rápido e bonito
+ Youtuber legaliza carro elétrico infantil para rodar em vias públicas; confira o vídeo


De acordo com o site CarNewsChina, que divulgou inicialmente a novidade, o motivo dessa solução inusitada é que esta versão do carro elétrico foi criada especificamente para escolas de direção, sendo equipada com um seletor que permite simular vários modos diferentes de condução. Inclusive com a troca de marchas, como em um carro convencional a combustão.

Para a segurança de aluno e instrutor, esse e3 sai ainda de fábrica com um pedal de freio exclusivo para o professor. O modelo está equipado com um bateria de 38 kWh, que permite ao BYD e3 rodar até 350 km. Os preços partem de 131.800 iuanes (cerca de R$ 108.000).

Além do sedã chinês, um exemplo de carro elétrico de fábrica com câmbio é o Porsche Taycan. Mas neste caso trata-se de uma caixa automática de duas marchas, que segundo o fabricante foi projetada especificamente para o modelo com o objetivo de melhorar o desempenho em saídas e o rendimento em altas velocidades.