Chinesa dona da Volvo vira sócia da Smart

Fabricante minicarros irá produzir novos modelos elétricos na China

Newspress

A Daimler AG anunciou nesta quinta-feira (28) a venda de 50% das ações da fabricante Smart para a chinesa Geely.


Sob a joint-venture entre a dona da Mercedes-Benz e a dona da Volvo, a Smart irá desenvolver uma nova geração de modelos elétricos. Os carros serão produzidos na China e devem chegar ao mercado em 2022.

A sociedade não irá afetar neste momento a produção dos modelos EQ Fortwo e EQ Forfour, elétricos que são produzidos respectivamente nas fábricas de Hambach (França) e Novo Mesto (Eslováquia).

Mas de acordo com a Daimler, a fábrica francesa irá receber um investimento de 500 milhões de euros (cerca de R$ 2,2 bilhões) para passar a produzir um novo modelo elétrico da divisão EQ, da Mercedes-Benz.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel