Cinco carros exóticos de cinco marcas esquisitas

Aqueles modelos de automóveis que você nunca imaginou que existiam. De países que você quase nunca ouve falar...

16772

Iran Khodro Dena+

Produzido pela Iran Khodro, do Irã, o Dena+ é a versão mais luxuosa do sedã médio Dena. Tem motor 1.6 de 115 cv (de projeto próprio) e sai de fábrica bem equipado, com airbags laterais, bancos dianteiros com ajustes elétricos, teto solar e câmera de ré. Nada mau para um carro feito sobre a plataforma do Peugeot 405 dos anos 1990. A Iran Khodro, aliás, tem um linha de produtos bizarra, que inclui desde de europeus atuais, como o Peugeot 2008, a modelos próprios e outros de marcas chineses.

Proton Perdana

Maior e mais caro modelo produzido pela Proton, da Malásia, o Perdana utiliza a plataforma do Honda Accord de oitava geração (produzido entre 2008 e 2012) e os motores 2.0 de 156 cv e 2.4 de 180 cv também vindos do sedã grande japonês. A carroceria, porém, é exclusiva. Em sua configuração mais cara, o Perdana custa o equivalente a R$ 116 mil.

Luxgen S5

O S5 foi projetado pela Luxgen, de Taiwan, nação capitalista que até hoje é considerada uma província rebelde pelo governo comunista chinês. Pouco maior do que um Honda Civic, utiliza em sua configuração mais potente um motor 2.0 turbo de consideráveis 194 cv. Mas apesar da rivalidade política, o S5 é montado na China comunista, por meio de uma joint-venture com a Dongfeng. Afinal, negócios são sempre negócios…

Mobius II

Projetado para ser um utilitário simples e resistente, o Mobius II é feito pela Mobius Motors, do Quênia. Com carroceria montada sobre um chassi convencional, tem 4,194 m de comprimento (é pouco menor do que um Jeep Renegade) e está equipado com um motor 1.8 16V de 133 cv. Tem tração apenas nas rodas traseiras, mas o vão livre para o solo de 33 cm mostra que o Mobius II não deve ter medo dos piores caminhos. Ainda em fase de testes, deve chegar ao mercado ainda neste ano.

SIN R1

A SIN Cars foi fundada em 2012, no Reino Unido, pelo engenheiro búlgaro Rosen Daskalov. Agora baseada na cidade de Ruse, na Bulgária, a empresa produz por lá o esportivo R1. Em sua versão de rua mais extrema, que atende pelo nome de 650, traz um motor 6.2 V8 de 650 cv e é capaz de atingir os 350 km/h.

 

blog comments powered by Disqus