Cinco curiosidades do Opel Rekord C, o pai do Chevrolet Opala

    Da station de cinco portas ao Comodoro alemão: conheça um pouco mais sobre o carro que serviu de base para o primeiro Chevrolet brasileiro de passeio

    No dia 19 de novembro de 1968, há exatos 50 anos, o primeiro Chevrolet Opala era montado na fábrica da Chevrolet em São Caetano do Sul (SP). Primeiro automóvel de passeio feito pela montadora americana no Brasil, o modelo sairia de linha só em 1992, com um saldo de quase um milhão de unidades produzidas. Exclusivo para o mercado local, o carro combinava a carroceria do Opel Rekord C alemão com a mecânica dos Chevrolet americanos. Confira a seguir algumas curiosidades do modelo que deu origem ao Opala brasileiro.

    Origem

    Opel Rekord C (Divulgação)

    Fabricado entre 1966 e 1971, o Opel Rekord C era um modelo cujas origens remontam ao Opel Olympia Rekord, lançado em 1953 e que foi um dos primeiros modelos totalmente novos da marca alemã (então parte da General Motors) após o fim da Segunda Guerra Mundial.

    Carrocerias

    Opel Rekord C Caravan (Divulgação)

    Além da carroceria cupê e da station wagon de três portas que seriam oferecidos na linha Opala, o Rekord C estava disponível também nas versões station de cinco portas (foto), sedã de duas portas e também em duas variações conversíveis, produzidas artesanalmente pelas empresas Karl Deutsche e Karmann com base no cupê e no sedã de duas portas, respectivamente.

    Outros motores

    Anuncio do Opel Commodore (Divulgação)

    A gama de motores do Rekord C era totalmente diferente da utilizada no Opala brasileiro. O menor motor era um pequeno 1.5 de quatro cilindros a gasolina, que desenvolvia apenas 58 cv. Já o motor mais forte era um 2.2 de seis cilindros e 95 cv.

    Comodoro alemão

    Opel Commodore GS/E (Divulgação)

    Assim como no mercado brasileiro o Opala deu origem ao luxuoso Chevrolet Comodoro, na Alemanha, o Opel Rekord serviu de base para o Opel Commodore, um modelo que tinha como configuração mais apimentada a GS/E (foto), que trazia um motor 2.5 de seis cilindros e injeção de combustível, capaz de desenvolver 150 cv.

    Ranger da GM

    GM Ranger (Reprodução)

    O Rekord C forneceu a base para o Ranger, modelo feito na África do Sul entre 1968 e 1973 e que repetia a fórmula do Opala: carroceria da Opel com motor 2.5 da Chevrolet e dianteira própria.

    blog comments powered by Disqus