Com motor 1.4 turbo, Polo e Virtus revivem nome GTS

Novos modelos estreiam no Salão e completam o “vazio” entre Polo/Virtus 200 TSI e Jetta/Golf

VW Polo GTS (Roberto Assunção)

Havia um vazio na linha Volks entre Virtus e Polo em suas versões topo de linha e as configurações de entrada de Golf e Jetta. Parte desse vazio será preenchido no ano que vem com o SUV T-Cross (leia aqui), mas para quem é fã de hatches e sedãs as novidades mais interessantes da marca no Salão são o Polo e o Virtus nas versões GTS (são chamados de “GTS Concept”). Eles chegam no ano que vem — não há ainda data definida — para agradar, principalmente, aos fãs de esportivos. 

Revivendo o famoso sobrenome GTS, que se tornou lendário com Gol e Passat, os novos modelos trazem design com detalhes esportivos, mas o principal destaque deve ficar mesmo na dirigibilidade. Imagine só como andarão esses modelos compactos com a mesma mecânica 1.4 turboflex do novo Jetta, que é usada com bom resultado (apenas a gasolina) até em modelos enormes como o Tiguan Allspace.

Ainda é difícil falar em  valores, mas pelo posicionamento devem ficar na faixa de R$ 85.000 a R$ 105.000 (Polo) e de R$ 90.000 a R$ 110.000 (Virtus).