Como escapar da lei do farol baixo

Na última semana, a fiscalização do uso do farol baixo em rodovias foi autorizada novamente pela Justiça em todo o país. Se você já é dono de um carro equipado com luzes diurnas da LED (aquelas que ficam acesas de maneira permanente desde a partida do veículo), não há com o que se preocupar. Mas se o seu automóvel não tem este equipamento, é preciso ficar bem atento. Ou instalar um equipamento que te poupe da tarefa de acender o farol.

Uma opção para não se esquecer do farol baixo são os relés de acendimento automático, que substituem o componente original do veículo. Com o equipamento, os faróis são ativados segundos após a partida do veículo, desligando somente quando a ignição é desligada. Atualmente, a Bosch e a Magneti Marelli oferecem esses relés no País.

Outra que oferece uma solução para a questão é a PST Electronics. Fabricante dos alarmes Pósitron, a empresa oferece nas linhas Exact, Cyber PX e Cyber FX a opção de manter os faróis acesos a partir da partida do veículo. A função pode ser ativada ou desativada por meio de um botão no chaveiro do alarme. Os preços são de R$ 240 (Exact), R$ 280 (FX) e R$ 340 (PX).

Veja também

+ A biblioteca básica do motociclista cool
+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas
+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial
+ Os 20 carros 1.0 mais econômicos do mercado brasileiro
+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar