Como pode?

Viajamos para Chicago, no coração dos Estados Unidos, para descobrir por que a Cadillac fez uma versão híbrida do seu enorme Escalade, um SUV que transporta até oito passageiros com muito luxo e conforto. Durante cinco dias, rodamos com o gigante e comprovamos que ele tem ótima performance (zero a 100 km/h em 8 segundos e máxima de 180 km/h) e é bastante ágil, ainda mais considerando seu tamanho e peso. As suspensões independentes nas quatro rodas, extremamente macias e com amortecedores com comando eletrônico de carga e altura, fazem do Escalade um “tapete mágico”, tamanha é sua suavidade. Luxo e conforto, características de todo Cadillac, sobraram no SUV.

Mesmo para os americanos, o Escalade Hybrid é um modelo muito caro: partindo dos US$ 74.135, ele pode chegar a US$ 88.525 nas versões mais completas. Com 5,13 m de comprimento, exageradas 2,7 toneladas e um enorme motor V8 6.0 de 337 cv, ele poderia, antes de se realizarem testes de consumo, ser classificado como um voraz consumidor de gasolina e um grande expelidor do famigerado CO2. Tais acusações estariam corretíssimos, se esse Cadillac não fosse concebido com a mais moderna tecnologia híbrida. Além de mesclar um motor a gasolina com outros dois elétricos, que se revezam ou se juntam para movê-lo, o enorme SUV vem repleto de outros modernos recursos cujo objetivo é unicamente o de economizar combustível e, consequentemente, poluir menos o meio ambiente.

O Cadillac tem mais de cinco metros e leva sete adultos com conforto. Nessa versão híbrida, seu consumo foi reduzido, mas ainda é bem alto

Uma central eletrônica (chamada de Active Fuel Management) monitora exclusivamente o “V-oitão” para que, quando utilizado com parcimônia, apenas quatro de seus oito cilindros funcionem. Quando se para o veículo, o motor, se estiver funcionando, é automaticamente desligado. Além disso, o sistema de freios é regenerativo: parte da energia que seria desperdiçada na forma de calor quando se aciona o freio é reaproveitada e transformada em energia elétrica, recarregando as baterias que alimentam seus dois motores elétricos que, juntos, produzem 81,6 cv (com espantoso torque de 32,6 kgfm). Uma orquestração que só é possível graças ao sofisticado sistema eletrônico que monitora e comanda toda essa parafernália. Nas manobras e em baixas velocidades, apenas os motores elétricos fornecem a propulsão, para não poluir o ar.

Se você dirige o Escalade de maneira bem suave, pisando pouco no acelerador e deixando que ele ganhe velocidade lentamente, o V8 entra em ação apenas para carregar as baterias. Claro que essas operações são tão sutis que passam despercebidas pelo motorista, que só se dá conta do que está acontecendo ao olhar para um esquema exibido na tela do painel. É possível ver de onde está vindo a energia que, naquele instante, movimenta o Cadillac. Mesmo com todos esses recursos, o carrão faz 8,5 km/l na cidade e 9,8 km/l na estrada. Pelo seu peso e tamanho, resultados fantásticos. Luxo e requinte extremados caminhando junto com a preocupação com o meio ambiente. Uma tendência cada vez mais presente na indústria automotiva mundial.

Cadillac Escalade Hybrid

MOTOR híbrido paralelo (gasolina: oito cilindros em V, 6,0 litros, 16V, comando variável + dois motores elétricos) TRANSMISSÃO automática, continuamente variável, tração traseira e conjunto elétrico de dois modos DIMENSÕES comp.: 5,14 m – larg.: 2,01 m – alt.: 1,89 m ENTRE-EIXOS 2,946 m PORTA-MALAS 478 a 3.084 litros PNEUS 285/45 R22 PESO 2.667 kg • GASOLINA+ELÉTRICO POTÊNCIA 337 cv a 5.100 rpm + 81 cv = 374 cv TORQUE 50,8 kgfm a 4.100 rpm + 32,6 kgfm VELOCIDADE MÁXIMA 180 km/h 0 – 100 km/h 8 segundos CONSUMO cidade: 8,5 km/l – estrada: 9,8 km/l (dados Automobil Revue e EPA)