Compra do Ano 2023/Hatch Compacto: Honda City Hatch

Marca japonesa deixa órfãos do Fit, mas estreia bem em novo segmento

honda city

Em um dos grupos com proprietários de Honda Fit no Facebook, um participante reclama que o novo Honda City Hatchback não tem dois porta-luvas como o monovolume.

Outro responde: tem sim, mas um deles fica na frente e o outro, atrás – referindo-se ao porta-malas de 268 litros, muito menor e menos prático do que o do modelo que saiu de linha aqui no Brasil.

Mas a verdade é que, embora traga soluções tradicionais da plataforma do Fit, como a flexibilidade dos bancos, o City Hatch não é o seu substituto – e por isso tem sofrido críticas dos “órfãos” do adorado monovolume.

CLIQUE AQUI PARA VER MAIS VENCEDORES DA COMPRA DO ANO 2023

A Honda decidiu, enfim, atacar o segmento de hatches compactos, que tem vendas bem mais volumosas – e chegou com tudo!

Comparando este Honda a rivais como Volkswagen Polo e Chevrolet Onix, os preços são justos: a marca começou seu ataque por cima, e as duas versões (por enquanto) são muito bem equipadas: a Touring tem até sistemas semiautônomos avançados, com funcionamento exemplar, além de central multimídia rápida, com tela grande e conectividade sem fio.

Para completar, o porta-malas é menor que nos rivais, mas o espaço no banco traseiro é bem mais amplo, graças a 2,60m de entre-eixos e 4,34 m de comprimento (mais que no SUV Honda HR-V) – e com acesso fácil, por conta das portas grandes e com boa abertura.

Já a cabine é bem montada, embora os materiais não sejam nobres como no Peugeot 208, campeão do ano passado. O painel é parcialmente digital e o volante, bonito e com comandos muito bem organizados.

Em movimento, a suspensão é excepcional, com equilíbrio exemplar entre conforto, dinâmica e robustez. Mas o destaque é o novo motor 1.5, um moderno quatro cilindros com 126 cv e injeção direta, acoplado a um novo câmbio CVT com sete marchas simuladas.

O conjunto garante suavidade exemplar, desempenho adequado e consumo bastante contido, melhor que nos rivais turbinados. De negativo, só o alto ruído do motor ao acelerar fundo e o tanque pequeno, que limita a autonomia.

› VERSÕES

EXL R$ 115.500
Touring R$ 124.500

› Potência 126 cv
› Porta-malas 268 litros
› Consumo A
› Versão indicada Touring

CLIQUE AQUI PARA VER MAIS VENCEDORES DA COMPRA DO ANO 2023

MAIS NA MOTOR SHOW:

+ GP da Inglaterra: veja os horários e onde assistir a corrida em Silverstone
+ Licenciamento anual obrigatório de veículos começa amanhã (1º) em SP
+ Comparativo de Carros Elétricos: Peugeot e-208 GT vs. Mini Cooper SE vs. Fiat 500e vs. Renault Zoe
+ BMW elege os 10 carros mais icônicos da divisão M; veja a lista
+ Preço do diesel aumenta 10% nas bombas em junho e supera gasolina
+ Avaliação: Audi Q5 entra na era da eletrificação; confira como anda
+ Compra do Ano 2023/SUV compacto: Hyundai Creta
+ Avaliação: Honda City 2022 quer ser novo Civic, mas não é
+ Carro por assinatura vale a pena? Confira um guia completo com preços, vantagens e desvantagens