Conectividade é o futuro

A sétima edição do Campus Party, maior feira de tecnologia da América Latina, aconteceu entre os dias 27 de janeiro e 2 de fevereiro no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo. Lá a Ford apresentou o Sync AppLink, uma tecnologia que funciona conectada ao smartphone do motorista e acessa os aplicativos do telefone por comandos de voz. A primeira versão desse app foi lançada nos Estados unidos em 2007. Lá fora, hoje, são cinco milhões de carros com o Sync AppLink. “Até 2015, projetamos mais de 15 milhões de veículos equipados com o dispositivo”, comenta Doug VanDagens, diretor global de soluções de conectividade da Ford.


Para o Brasil, o Sync AppLink estará disponível em alguns carros da marca até o fim de 2014. Inicialmente, serão três aplicativos: TuneIn (com 100 mil rádios online ao redor do mundo), Glympse (compartilhamento de informações em redes sociais) e Napster (programa de música). O usuário pode escolher os “apps” na loja virtual AppCatalog e depois baixá-los do Google Play ou do App Store. Eles são compatíveis com os sistemas operacionais iOS, Android e BlackBerry. No Exterior, o AppLink reúne 66 aplicativos, que a Ford aos poucos vai trazer para o Brasil.

Além do AppLink, o fabricante aproveitou para mostrar o site www.developer.ford.com. Trata-se de um endereço virtual que reúne ferramentas para a criação de aplicativos. No entanto, independentemente do número de acessos ou de downloads, o criador não será remunerado pelo app. A Ford realmente está levando a sério o conceito de conectividade nos carros e entre os consumidores.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

COMPARTILHAR
Notícia anteriorMercado & Serviços
Próxima notíciaPor que o Eco agrada