Confira 5 cuidados para ter na hora de vender um carro

Confira a seguir algumas dicas para não ter problemas na hora de encontrar um novo dono para o seu carro

0
594
chave carro
Chave de carro

Vender um veículo nem sempre é uma tarefa fácil. Afinal, isso demanda tempo, além de todo o cuidado que se deve ter durante as negociações para não sair prejudicado.

+ Confira as dicas do manual do Honda Civic para reduzir o cansaço ao volante
+ Veja 5 dicas de uso do manual do Ford Del Rey que ainda servem nos carros atuais
+ Veja 5 dicas para limpar banco de carros
+ Veja como lavar o carro por fora corretamente


Confira a seguir algumas dicas da autotech especializada na compra e venda de seminovos Volanty para não ter problemas na hora de vender um carro.

1. Tenha o valor em mente

Se necessário, use como referência a Tabela Fipe para definir o valor aproximado de seu veículo. Ela não leva em conta as diferentes realidades de cada região do Brasil, porém, pode nortear a negociação em conjunto a uma pesquisa ampla em sites de vendas. Alguns detalhes podem influenciar na escolha do comprador.

A quilometragem influencia muito. Carros com rodagem entre 10 mil km e 15 mil km têm maior facilidade de venda. Na maioria das vezes, o comprador vai pedir descontos, então, para não sair no prejuízo ou receber um valor abaixo do que esperava, considere sempre uma quantia maior do que a que de fato pretende conseguir com a venda.

2. Mantenha seu carro em bom estado

Mesmo que use pouco o carro enquanto não encontra um comprador, mantenha-o sempre limpo e bem apresentável. Assim, irá chamar mais a atenção dos interessados.

A conservação da parte visível do carro – lataria, pintura e estofados – faz muita diferença na hora da negociação. Odores desagradáveis também podem desvalorizar seu veículo, portanto, cuidado com a fumaça de cigarros.

3. O anúncio

Faça um anúncio criativo, sem mentir sobre as condições do carro. É muito importante ser sempre sincero. Uma boa foto também é um ótimo chamariz! Procure o serviço de sites confiáveis para anunciar seu carro.

Sempre que for marcar um encontro com um comprador, procure locais movimentados, informe parentes e amigos do local combinado e, se possível, nunca vá sozinho.

4. Faça uma perícia

Quem vai comprar um veículo seminovo quer que ele esteja em bom estado. E para que possa comprovar que seu carro vale o preço que você pediu, ter um laudo com as informações de procedência e mecânica gera muito mais segurança para o comprador.

Existem diversas empresas no mercado que oferecem essa inspeção, que leva menos de meia hora para ser feita. Vale o investimento, pois ajudará na venda. Já existem plataformas de vendas de carro que oferecem uma inspeção detalhada quando o veículo é disponibilizado para a venda, sem custos adicionais. Assim, garante a confiança para o comprador e facilidade para você.

5. Tome cuidados com a documentação

Mantenha a documentação de seu carro em dia, verifique se não tem multas, débitos ou até mesmo alguma restrição judicial. Se estiver tudo em ordem, só preencha e assine o CRV depois que todas as transações bancárias estiverem definidas.

Se atente a nunca entregar este documento em branco para ninguém. Não se esqueça de incluir a data da venda e reconheça firma em cartório.

Mais na Motor Show

+ Comparativos históricos (2011): VW Gol vs. Fiat Palio e Nissan March
+ Moscou irá sortear carro para quem se vacinar contra a covid-19
+ Volkswagen T-Cross Sense vira versão “pé de boi” de linha do SUV
+ Nissan prepara carro elétrico para rodar com etanol batizado; entenda
+ Honda Civic lidera ranking dos carros usados mais buscados na internet
+ Saga Velozes e Furiosos já está com o fim planejado, aponta Vin Diesel