Confira os 10 automóveis mais e menos depreciados de 2019

Levantamento foi realizado pela KBB Brasil. Melhor desempenho foi o da picape Toyota Hilux, com valorização de 0,55%

Hilux 2020 (Divulgação)

Os emplacamentos de automóveis e veículos comerciais leves avançou em 7,65% no ano passado em relação a 2018. Ao todo, foram 2.470.005 unidades licenciadas, de acordo com a Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores). Para ajudar os consumidores, a KBB Brasil realizou um estudo sobre os modelos mais e menos depreciados no ano passado.

O levantamento é baseado no conceito de “depreciação de revenda”, que considera o preço pelo qual os lojistas revenderam os modelos. E o estudo abordou os automóveis 0 Km de todas as categorias disponíveis à venda em janeiro de 2019 e quanto eles valiam no mercado de usados em dezembro do mesmo ano.

A picape média Toyota Hilux valorizou 0,55%, enquanto o Peugeot 3008 também apresentou um bom resultado (-1,49%). Outros modelos são os Volkswagen Golf (-3,41%) e Fox (- 3,65%).

No caminho contrário, entre os automóveis mais desvalorizados aparecem os Ford Focus (-28,13%) e Focus Fastback (-25,99%), além do utilitário esportivo EcoSport (-20,53%) e da perua Fiat Weekend (-27,80%).

Veja a lista completa:
Menos depreciados:
1. Toyota Hilux: +0,55%
2. Peugeot 3008: -1,49%
3. Volkswagen Golf: -3,41%
4. Volkswagen Fox: -3,65%
5. Toyota Yaris Hatch: -4,08%
6. BMW M5: -4,41%
7. Mercedes-Benz S 560: -4,59%
8. Troller T-4: -4,62%
9. Honda WR-V: -4,70%
10. Peugeot 5008: -5,04%

Mais depreciados:
1. Ford Focus: -28,13%
2. Fiat Weekend: -27,80%
3. Ford Focus Fastback: -25,99%
4. Jaguar XF: -21,94%
5. Renault Sandero: -21,69%
6. Fiat Doblò: -21,23%
7. Citroen C4 Lounge: -20,83%
8. Ford EcoSport: -20,53%
9. Peugeot 2008: -18,74%
10. Chevrolet Cobalt: -18,61%