Conheça o Morgan 4/4, o carro em produção há 82 anos

Lançado em 1936, esportivo britânico de dois lugares é produzido desde 1955 praticamente sem modificações no visual

9291
Divulgação

Não estamos falando de um carro barato e feito em algum país em desenvolvimento. O automóvel mais antigo do mundo ainda em produção é o britânico 4/4, um roadster que é fabricado sob encomenda e de maneira totalmente artesanal pela Morgan Motor Company desde 1936.

O 4/4 foi o primeiro veículo de quatro rodas da empresa fundada em 1910 e que inicialmente produzia pequenos automóveis de três rodas com motores de moto. A primeira geração do modelo durou até 1955, quando o 4/4 ganhou a carroceria e o chassi que são usados até hoje, apenas com leves retoques de estilo e trocas de conjunto mecânico.

Oferecido inicialmente com um motor Conventry 1.1 de quatro cilindros e 34 cv e um câmbio de quatro marchas, hoje o roadster sai de fábrica com um propulsor Ford 1.6 de 111 cv (da família Sigma, a mesma usada no Fiesta) e que trabalha em conjunto com um câmbio manual de cinco marchas feito pela japonesa Mazda.

Apesar da evolução mecânica, o Morgan 4/4 ainda é, basicamente, um carro da primeira metade do século 20. Ganhou freios a disco e cintos de três pontos. Mas não há ABS, airbags e nem direção assistida. Sobre o chassi de aço, é colocada uma carroceria com estrutura de madeira e revestida com chapas de alumínio, que permitem ao esportivo de 4 metros de comprimento pesar apenas 795 kg. Por ser feito à mão, o comprador pode escolher desde o tipo de costura dos bancos até o material empregado na fabricação da capota, sem contar as opções de cores para a carroceria.

Um fator que ajuda a explicar a longevidade do carro britânico é a fila de espera por um carro da empresa, causada pela combinação entre alta demanda e baixa capacidade de produção. Atualmente na casa de seis meses, já chegou a ser de incríveis 10 anos.