Consumo na palma da mão

Em meados de janeiro, foram divulgados os resultados da 7a edição do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV 2015), uma parceria entre Conpet/Petrobras e Inmetro. Além da atualização do dados de consumo de combustível dos modelos participantes, o programa, ainda de adesão voluntária, está mais abrangente. No total, agora há informações sobre carros de nada menos que 36 marcas diferentes, totalizando 587 modelos/ versões – 18,7% a mais que no ano passado. A ausência mais sentida continua sendo a da Chevrolet, que continua sem divulgar os dados de consumo de seus automóveis. Também estão de fora a Aston Martin, Geely, Lifan e SsangYong.

O aplicativo, chamado simplesmente de Etiquetagem Veicular, tem download gratuito e está disponível para os sistemas operacionais Android e iOS. Além de mostrar todos os dados dos PBEV dos anos de 2013, 2014 e 2015, ele tem um sistema de busca que permite filtrar os resultados por categoria, marca ou modelo. Mostra o selo completo de cada um, com informações sobre mecânica, consumo urbano e rodoviário e emissão de poluentes e de CO2 – exatamente como é colado nos carros à venda nas concessionárias – e permite classificar os resultados dos diferentes modelos para uma melhor comparação entre eles (a classificação pode ser feita por emissão de CO2, consumo energético total em MJ/L, consumo rodoviário ou urbano, com etanol ou gasolina, etc.).

Outro recurso interessante é a estimativa de consumo: você diz quantos quilômetros roda, qual a percentagem de uso urbano e rodoviário e quanto custam gasolina e etanol na sua cidade; com esses dados, o app faz uma  estimativa para seu carro sobre gastos mensais e anuais com cada combustível. Recursos similares estão disponíveis na tabela interativa no site do Conpet, que você acessa via www.motorshow.com.br/consumo.