Contato


Gostei bastante do comparativo de capa do último mês. As informações sobre custo de peças, revisões e garantia são as que mais importam para mim. Não desprezo outras características dos carros, mas pensar no custo de tê-los é um fator decisivo na hora da compra.

@ Marcelo Gaspar

Dúvidas sobre GPS

Tenho várias dúvidas sobre navegadores GPS.Seu uso foi permitido por lei, mesmo no painel do veículo? O GPS pode conter informações sobre a localização dos radares de velocidade e lombada eletrônicas? E, finalmente, os fiscais de trânsito podem multar pelo uso do GPS? Eles não poderiam confundir o aparelho com um DVD player, cujo uso não é permitido por lei, e acabar me multando de forma injusta?

@ rafael C. Gonçalves

O uso do GPS já está liberado por lei. Quanto à localização dos radares, ela é permitida, mas o governo já manifestou a intenção de proibi-la. Já em relação às multas, o GPS é fixado no para-brisas, enquanto os DVDs, em sua maioria, ficam no painel. O agente só pode multar se tiver certeza.

Rodas: que tamanho?

Tenho uma dúvida sobre tamanho de rodas. Alguns carros oferecem versões com aros diferentes, como o novo Voyage – que pode ter aro 13, 14 ou 15. Além do visual, em que o tamanho dos aros influencia o comportamento do veículo? Qual é a melhor escolha para este tipo de automóvel?

@ rommel F. Leite

A diferença prática na troca do conjunto rodas/ pneus por outros de maior dimensão é notada principalmente nas curvas, pois o menor perfil garante uma melhoria significativa na estabilidade. Já o conjunto roda/ pneu é escolhido pelo departamento de engenharia das montadoras, de acordo com as características mecânicas do veículo. Um carro com motor de pequena cilindrada (por exemplo, o Voyage 1.0) é mais eficiente com um conjunto pequeno, aro 13, devido ao menor peso e menor arrasto comparado aos conjuntos maiores, com aros 14 ou 15. Essa troca em um carro com motor pequeno pode pesar com relação ao consumo (que será maior com aros maiores) e perda de rendimento. Porém, frenagens e estabilidade em curvas ficarão melhores. Isto deve ser considerado na escolha de um novo conjunto, em que a opção pela melhor estética pode prejudicar o rendimento do veículo.

Polo ou CrossFox?

Tenho um Polo 1.6 e gostaria de trocar pelo CrossFox. Queria saber as diferenças entre os dois, no que diz respeito a mecânica, motor, segurança e acabamento.

@ Onstâncio M.Costa

O motor é o mesmo, assim como a caixa de câmbio, mas os engates são mais suaves no Polo. Em relação à segurança, são equivalentes, e isso depende de serem ou não equipados com ABS e airbag. Já o acabamento do Polo é bem superior.

Mudança na linha GM

Sou particularmente fã da GM, tanto pela confiabilidade quanto pelo custo-benefício. Mas, diante do fato de que toda a sua linha de veículos no Brasil será modernizada até 2011, estou em dúvida em relação à reestilização da linha Vectra. Este modelo ainda sofrerá mudanças ou está com o desenho defi nitivo?

@ Filipe Piccoli Biazus

O Vectra, tanto sedã quanto hatch, mudou há pouco, e já tem a nova dianteira (grade, principalmente) da GM. Por isso, não muda tão cedo.

Não entendo o Focus

Acompanho reportagens da MOTOR SHOW e de outras revistas. Não consigo entender o porquê de tantos elogios ao Ford Focus, um carro que a Ford não faz questão de vender, não é flex (um grande erro estratégico) e tem vendas medíocres. O carro pode até ser “bom”, mas o que é bom às vezes não vende. Por que ele sempre ganha os comparativos?

@ Elcio Tavares Zanineli

Você tem razão quando diz que o Focus perde terreno por não ter motor flex, mas a Ford está desenvolvendo esta opção, tanto para o hatch quanto para o sedã. Com relação aos comparativos, o Focus se destaca pela dirigibilidade com toque esportivo, pelo excelente sistema de suspensões, pelo projeto moderno e pelos bom acabamento interno. As vendas devem, portanto, melhorar muito com o novo motor flex.

“Sou apaixonado por carros, e assino a revista há bastante tempo. Gosto da seção MOTO. Muito boa a última matéria.

@ Cristiano Gomes”

i30 vem para ficar?

Não sei se estou sendo leviano, mas tenho a impressão de que os carros que vêm para o mercado brasileiro sofrem sucateamento. O i30 daqui é o mesmo do mercado europeu, ou nossa versão terá peças acabamento inferiores?

@ Ricardo Piza

O i30 vendido aqui é o mesmo que roda em outras partes do mundo. Em alguns mercados, só existe na versão 1.6, ainda não é oferecida aqui; em outros, é vendido com pacotes diferentes. Mas, aqui, todas as versões de pacotes de equipamento estão sendo vendidas.

 Na edição 315, no comparativo entre A4 e C200, os dados sobre as vendas estão errados. Os números corretos do A4 são 158 unidades e do Classe C (C200, C280, C350), 423 unidades.

 Na edição 315, seção PERSONAGEM, foi publicado Alain Prost seria italiano. Na verdade, ele é francês.  Na edição 316, na matéria BMW Z4, a ficha técnica dizia que a capacidade cúbica do motor seria de 3,5 litros. A informação correta é a que está no texto: 3,0 litros.

Perguntas e sugestões

devem ser remetidas para:

Redação

MOTOR SHOW

Rua William Speers, 1088,

sala 31, Lapa – São Paulo (SP)

CEP 05067-900

Fax (0xx11) 3618-4324.

e-mail:

leitor@motorshow.com.br

Todas as cartas e e-mails

devem conter nome completo, endereço

e/ou telefone para contato

Colaborou Pablo Sanches Garcia

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

COMPARTILHAR
Notícia anteriorPara pequenas famílias
Próxima notíciaUma vida na fórmula 1