Contran adia obrigatoriedade das placas do Mercosul

0
86
Reprodução

Em decisão publicada nesta quinta-feira (30) no Diário Oficial da União, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) adiou em um ano, para 1º de janeiro de 2017, a obrigatoriedade das novas placas padrão Mercosul para os veículos registrados no Brasil.

Na resolução, no entanto, o Contran não impede que, antes deste prazo, os órgãos estaduais de trânsito adotem a nova identificação de forma opcional.


Em relação a atuais, as novas placas do Mercosul adotam um novo padrão de cores e mais letras e números. No lugar da cor cinza atualmente em vigor nos veículos de passeio, as novas chapas serão sempre brancas, variando apenas a cor das letras, que permanece preta nos carros particulares. Já a combinação de três letras e quatro números das atuais dará lugar a quatro letras e três números, que poderão ser embaralhadas, da mesma forma que acontece em lugares como a Europa e os Estados Unidos.

Outra mudança será na parte de cima da chapa, que passa a ostentar o nome do país, ao lado do brasão da cidade de registro.