Controle de estabilidade será obrigatório no Brasil a partir de 2020

0
2088
Roberto Assunção
Roberto Assunção

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) aprovou a obrigatoriedade do controle eletrônico de estabilidade nos veículos vendidos no Brasil a partir de 2020. A decisão deve ser publicada oficialmente nesta sexta-feira (18), no Diário Oficial da União.

Assim como aconteceu com a obrigatoriedade dos freios ABS e dos airbags, o cronograma de implantação do sistema deverá ser feita em duas etapas. A primeira determina que a partir de 2020 todos os novos modelos de automóveis deverão sair de fábrica com o equipamento. Já em 2022, será a vez de todos os carros 0km vendidos no País receberem o sistema de segurança.


O sistema reduz as chances de acidentes em situações extremas, interferindo na aceleração do motor e no sistema de freios automaticamente para que o motorista consiga recuperar o controle do automóvel.

O controle de estabilidade ainda é uma raridade no País, principalmente entre os automóveis compactos de entrada. No segmento, apenas os Ford Ka e Ka+ (na versão de topo SEL), saem de fábrica com o equipamento.

O item é comum em automóveis vendidos na Europa, Estados Unidos e Japão. E mesmo na América Latina, os argentinos deverão se adiantar ao Brasil na obrigatoriedade do equipamento, que por lá será obrigatório a partir de 2018.