Coronavírus: Indy 500 é adiada para 23 de agosto

Fernando Alonso na classificação para a disputa da Indy 500 em 2019
Fernando Alonso na classificação para a disputa da Indy 500 em 2019

A direção da IndyCar decidiu hoje adiar a 104a. edição da Indy 500, que aconteceria no dia 24 de maio. As 500 milhas de Indianápolis foram remarcadas por conta da pandemia do coronavírus, e a prova deve acontecer no dia 23 de agosto.

+ Coronavírus: veja 40 itens que você precisa higienizar
+ Como congelar prestação do carro por 60 dias
+ Senna 60 anos: piloto mantém recordes e segue lenda na F1

Como a corrida mobiliza as semanas anteriores, com a mudança no calendário, os primeiros treinos classificatórios devem ocorrer no fim de semana anterior, nos dias 15 16 de agosto. Os treinos livres acontecem a partir de quinta, 20 de agosto, junto com a classificação para o grid da Indy Lights, a categoria de acesso à IndyCar.

Os últimos treinos e a corrida da Indy Lights serão na sexta, 21 de agosto. Já o sábado anterior à tradicional prova automobilística é dedicado a eventos com o público, como exibições e encontros com os pilotos.

A Indy 500 é uma das corridas que fazem parte da chamada tríplice coroa do automobilismo, junto das 24 horas de Le Mans e do Grande Prêmio de Mônaco de Fórmula 1. Na semana passada, a FIA decidiu cancelar a prova de Monte Carlo. Os organizadores de Le Mans ainda não anunciaram mudanças para a corrida marcada para os dias 13 e 14 de junho.