Cuidados na escolha do transporte escolar

Veja as dicas para escolher um serviço correto e seguro para as crianças

Marcelo Camargo/ABr

Com o fim das férias escolares se aproximando, começa também a procura por um serviço de transporte escolar. O Detran.SP divulgou uma lista com orientações para ajudar na escolha de um serviço correto e seguro para as crianças.

  • Cheque com a escola e pais de alunos se o profissional tem boas referências;
  • Confira se o condutor tem habilitação nas categorias D ou E se ele concluiu o curso de especialização para transporte escolar (basta verificar se ele tem a inscrição “T.E” no verso da habilitação;
  • Certifique-se de que o veículo conta com cintos de segurança em número igual à sua capacidade total e se todos estão em bom estado. A legislação federal não exige o uso de cadeirinhas nos veículos de transporte escolar, mas todas as crianças devem ser transportadas sentadas e com cinto de segurança afivelado;
  • Tenha certeza de que as janelas contam com travas de segurança para que a janela seja aberta por no máximo 10 centímetros. Essa trava é obrigatória para a segurança dos pequenos;
  • Observe a forma como o motorista recepciona as crianças na porta da escola e prefira o transporte que tenha outro adulto acompanhando as crianças, além do condutor;
  • Certifique-se de que o veículo esteja em dia com a autorização da prefeitura para este tipo de transporte e também com a vistoria semestral feita pelo Detran.SP;
  • Verifique as condições de todos os equipamentos obrigatórios (lanternas, pneu, espelho retrovisor, etc.);
  • Fique atento às condições de higiene, conforto e segurança;
  • Confirme o itinerário e o tempo de permanência do aluno no veículo.