Defeito em airbag pode afetar 2,7 milhões de carros

Defeito em airbag causou o maior recall da história
Defeito em airbag causou o maior recall da história

Cerca de 2,7 milhões de veículos rodam no País com possível defeito em airbag. O problema seria o mesmo que provocou a morte de um motorista no Rio de Janeiro no fim do mês passado. De acordo com o Procon-SP, eles fazem parte da frota de 5,4 milhões de veículos convocados para recal, informa o jornal O Estado de S. Paulo.

+ Honda confirma morte de brasileiro que ignorou recall de airbag
+ Fiat faz recall de 87 mil carros por problema em airbags

O defeito nos airbags acontece nos itens fabricados pela antiga Takata, hoje Joyson Safety. Ao ser acionado, o equipamento provoca o lançamento de peças de metal.

O problema levou ao maior recall da indústria automobilística do mundo (mais de 30 milhões de veículos desde 2013). No Brasil, metade da frota equipada com o airbag não passou por recall. A maior parte é de veículos das montadoras japoneses Honda, Toyota e Nissan.

No fim de semana, a Honda emitiu comunicado confirmando a primeira morte ocorrida por causa desse defeito em airbag. Foi após uma cidente com um New Civic 2008. De acordo com a montadora, o carro havia sido convocado para recall em 2015, mas o motorista não compareceu.