Chevrolet Celta

Depois de quinze anos de produção e mais de 1,6 milhão de unidades comercializadas, o Chevrolet Celta se despediu neste mês de agosto do mercado. O modelo de entrada não está mais disponível no site da marca, deixando espaço para que o veterano sedã Classic assuma o posto de carro mais barato da empresa no País.

O modelo, que surgiu com a proposta de ser o carro mais barato do Brasil, nunca atingiu este objetivo. Mas isso não impediu que o hatch compacto, que combinava a plataforma do Corsa de 1994 com uma carroceria e interior mais espartanos, conseguisse atingir bons números de venda, com o seu baixo custo de compra e de manutenção.

No acumulado do ano, porém, o modelo registrou 17.636 unidades comercializadas, segundo a Fenabrave. Números que o colocaram atrás de modelos maiores e mais caros da marca, cono a Chevrolet Spin e até a picape S10.


Mantendo a mesma carroceria em todos estes anos, o modelo passou apenas por um reestilização, em 2006, quando ganhou nova frente, traseira e um painel redesenhado. Desde a linha 2014, por força da lei, estava equipado com airbags e freios ABS. Itens impensáveis quando foi lançado.

7 COMMENTS

  1. a boa noticia: uma carrocinha que vai embora
    a má noticia: ja tem outra pra substituir, e agora com conexão às redes sociais

    • pra vc ta ótimo, imagina pobre poder comprar carro, engarrafar o transito, coxinha é assim mesmo, só pensa em si mesmo. Espero que fabriquem ainda carros mais baratos, pra todo mundo andar e nao precisar de onibus

      • espertão, um volksvagem golf com essas bestagem tecnologicas, e motor e carroceria fajutos, que gentinha como voce gosta, vendido aqui parte dos 75 mil
        um audi A1 custa em torno de 100 mil, só otário compra essas carroças feitas aqui, ou importadas dos hermanos ou do mexico
        fabricar carros mais baratos, com tecnologia ultrapassada e desenho bonitinho, é a cara do pt e dos ptebas, é andar para trás como fizeram como pais nos ultimos 12 anos

  2. A verdade é que os carros no nosso país são muito caros, mesmo os ditos mais baratos! Os projetos mais simples ainda remetem lucros exorbitantes para os fabricantes…

  3. Hardy Dick, deixa de imbecilidade…desde o descobrimento do Brasil pelos europeus que só quem comanda aqui são bandidos….tudo agora é PT…PT…PT…na tua opinião quem resolveria isso???

Comments are closed.