Dois carros em um

VOLKSWAGEN EOS R$ 159.900

Com a capota fechada, o modelo oferece 380 litros para as bagagens. Com ela aberta, a capacidade cai para 205 litros, um espaço bastante aceitável

Depois de anunciar e mostrar o Eos ao público brasileiro nos dois últimos Salões do Automóvel de São Paulo, finalmente o conversível da marca está disponível para os consumidores brasileiros.

Mas só as concessionárias da marca consideradas premium (25 do Brasil inteiro) estão comercializando o modelo. Isso porque a marca acredita que o perfil de seu comprador é muito especifico. De acordo com o presidente da Volks, Thomas Schmall,”quem compra um Eos procura um carro estiloso, com um algo a mais”.

Rodar com o Eos é uma experiência muito agradável. Acelerar os 200 cv de potência de seu propulsor 2.0 TSI turbo com o vento invadindo o carro traz uma sensação parecida com a pilotagem de uma moto.

Por contar com tecnologia DSG de dupla embreagem, os engates do câmbio automatizados são bem precisos e suaves. É que, quando uma marcha é engatada, a seguinte já está pré-selecionada, garantindo agilidade e eficiência nas trocas, sem as perdas do conversor de torque da transmissão automática. Selecionando o modo manual de troca, que possibilita que as marchas sejam trocadas pela alavanca do câmbio ou pelas borboletas no volante, a brincadeira fica ainda mais divertida.

E, se começar a chover, basta parar o carro (ele não fecha em movimento), apertar um botão no console, e, em 25 segundos, o modelo se transforma em um coupé. Mas é sem capota que ele faz o maior sucesso.

Durante os dias de teste muitas pessoas no meio do trânsito puxaram assunto, elogiando o carro e querendo mais informações. Houve até um insólito “tchauzinho” de um policial que passava em uma viatura.

O consumidor que quiser um Eos na sua garagem terá que desembolsar R$ 159.900. Apesar de ser mais caro do que seus principais concorrentes (307 CC automático, R$ 134.146, e Mégane Coupé Cabriolet Dynamique automático, R$ 119.213), o conversível da VW faz valer cada centavo.

O pacote de equipamento traz rádio CD player com entrada para mídias externas, ar-condicionado de duas zonas, proteção antiturbilhamento de vento entre as fileiras de bancos, airbags frontais e laterais, freios ABS, controle de tração e de estabilidade e um sistema contra capotamentos que, ao perceber que o veículo ultrapassou um certo nível de inclinação, em apenas 0,25 segundo, estende duas estruturas metálicas atrás dos bancos. O Eos é, sim, uma excelente opção em sua faixa de preço.

O acabamento interno é sóbrio e moderno e a lista de itens de série oferece equipamentos como airbags laterais e som para seis CDs com entrada auxiliar. Entre os destaques, o câmbio DSG

 

Veja também

+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA

+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial

+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar



COMPARTILHAR
Notícia anteriorMelhor trimestre da história
Próxima notíciaA moda 2010