Donos de Audi e BMW têm mais chance de serem “babacas”

Donos de Audi têm mais chance de serem
Um estudo conduzido com quase 2000 motoristas concluiu: donos de Audi e BMW têm mais chance de serem "babacas"

Um estudo conduzido com quase 2000 motoristas não deixa dúvidas: donos de Audi e BMW têm mais chance de serem “babacas” no trânsito. O levantamento foi conduzido pelo pesquisador finlandês Jan-Erik Lönnqvist e publicado esta semana no Journal of International Psychology.

+ Avaliação: Ford Mustang Black Shadow é um esportivo brutal
+ Ter um Jeep amplia chance de sucesso em sites de paquera, aponta estudo
+ Pesquisa aponta as cores de carro preferidas no mundo

A ideia do estudo nasceu da observação de Lönnqvist de que motoristas que desrespeitavam leis de trânsito como não ceder a preferência, dirigir irresponsavelmente, ou exceder limites de velocidade, normalmente, estavam conduzindo modelos alemães.

Lönnqvist, um professor de Psicologia Social na Universidade de Helsinque liderou o estudo traçando um perfil do tipo de pessoa que se interessa por esses carros. E chegou à conclusão científica de que são homens, egocêntricos e pouco gentis. O estudo não detectou nenhuma relação entre mulheres nas mesmas características e carros de luxo.

Veja também

+ Fiat faz desconto em toda a linha; preço do Toro cai R$ 32 mil
+ Acesso de fúria de macaco deixa um homem morto e 250 pessoas feridas na Índia
+ Risco de casos graves de Covid é 45% maior em pessoas com sangue do tipo A, segundo pesquisadores europeus,
+ Aprenda a fazer o brigadeiro de paçoca de Ana Maria Braga