É como viajar de primeira classe

Este coreano quer um lugar ao sol entre alemães e japoneses. O Hyundai Equus tem a missão de seduzir consumidores de Mercedes, BMW e Lexus. Por R$ 320 mil, tem valor inferior e entrega o mesmo nível de equipamentos que os rivais. Resta saber se irá convencer um público exigente e acostumado a marcas tradicionais. Para cumprir sua missão, o sedã de alto luxo começa a mostrar vantagem já no porte, maior que os rivais Mercedes S 500 e do BMW 750i. Irmão maior do Genesis, esse “jato executivo” trata muito bem os seus ocupantes. Em outros mercados, há também a versão Limusine, para aqueles que desejam ainda mais espaço.

Logo ao entrar, o proprietário é saudado com uma melodia, e as portas têm fechamento elétrico. O requinte e a atenção aos detalhes impressionam. Todo esse conforto é evidenciado pelo acabamento em madeira de lei que contrasta com o revestimento em Alcântara da manopla de câmbio, painel, volante e bancos – os dois últimos com aquecimento e refrigeração. Um dos destaques do interior é o assento direito traseiro com reclinação e função massageadora, digno da primeira classe dos aviões. Além disso, o sedã tem frigobar, cortinas com acionamento elétrico nos vidros traseiros e laterais, mesinha de madeira e uma central multimídia com tela de oito polegadas sensível ao toque. O sistema de áudio 7.1, da renomada Lexicon, tem 608 W de potência e 17 alto-falantes. Para aumentar ainda mais o conforto a bordo, todos os vidros têm tratamento acústico.

O Equus é um carro para você entregar as chaves para o motorista e curtir todos esses mimos tomando uma taça de champanhe. Agora, se a intenção é dirigi-lo…Em um curtíssimo trajeto pudemos sentir as reações do sedã. Apesar do motor V8, ele acelera e entrega a potência aos poucos privilegiando o conforto. O bom torque em baixas rotações ajuda a movimentar as suas pouco mais de duas toneladas. Não por acaso essa mecânica ganhou por duas vezes consecutivas o renomado prêmio Ward’s 10 Best Engines. O funcionamento é suave e o câmbio automático de oito velocidades faz as mudanças com bastante agilidade.

O enorme sedã tem medidas iguais às de um Classe S com entre-eixos alongado – ou uma picape cabine dupla

A suspensão a ar é autoajustável e traz o chamado controle contínuo de amortecimento para se adequar a qualquer condição de asfalto. Oferece uma con guração esportiva e outra mais confortável para o dia a dia. A tração é traseira e a distribuição de peso da ordem de 52% na dianteira e de 48% no eixo traseiro favorece a dirigibilidade. A direção eletro-hidráulica é leve e precisa.

Quando o assunto é segurança, o modelo não deixa por menos. Obteve pontuação máxima nos testes de impacto realizados nos Estados Unidos e conta com controle de estabilidade (ESP), nove airbags (condutor, passageiro, laterais dianteiro e traseiro, de cortina e para joelhos do condutor) e encostos de cabeça ativos. Completam o pacote o Vehicle Stability Management (VSM), que aprimora a atuacão do ESP, o freio de estacionamento eletrônico, os faróis de xenônio direcionais e as lanternas e setas de LEDs. Há ainda câmeras na frente e na traseira, para ajudar nas manobras e balizas, e o para-brisa tem um sistema que repele a água. Para completar, o sedã tem – como seus rivais alemães – piloto automático adaptativo, que utiliza sensores para manter uma distância segura do veículo à frente. Se o carro à frente freia bruscamente, o Equus freia sozinho. Quando acelera, ele também acompanha, até retomar a velocidade pré-programada.

Grande, muito confortável e seguro, o Equus chega para ser uma nova opção do segmento de altíssimo luxo. E o melhor de tudo é que tem o mesmo preço de sedãs alemães menores e de segmento inferior, como Audi A6, BMW 535i e Mercedes CLS 350.

O interior tem madeira de lei e muito couro costurado à mão. À esquerda, o airbag de joelho e um detalhe dos alto-falantes da renomada Lexicon. À direita, junto à alavanca de câmbio, os comandos do som, câmeras, cortinas, acertos de suspensão, entre outros sistemas. Abaixo mais mimos para quem viaja atrás: tela para ver lmes e geladeira no apoio de braço

COMPARTILHAR
Notícia anteriorMercado
Próxima notíciaMotor News Edição 354