E350 Com a classe de um Lorde


A cada geração, o Classe E chega mais rápido ao mercado nacional. Apresentado no Salão de Genebra em março, já é vendido aqui. Para que isso fosse possível, a Mercedes iniciou a fase de tropicalização do novo E tão logo a fábrica disponibilizou protótipos para a engenharia daqui. Esse investimento para acelerar o processo de adaptação do carro às nossas características de piso e combustível é um reconhecimento da importância crescente do nosso mercado para a marca.

Acabamento impecável e silêncio quase absoluto a bordo são alguns dos destaques do novo Classe E, que chega para enfrentar o novo Audi A6 e a BMW Série 5

Ele é comercializado apenas na versão automática de sete marchas, agora com uma pequena e delicada alavanca sob o volante. Para quem curte as trocas manuais, ele tem borboletas no volante: prático e simples. A marca oferece as versões E350 (V6 de 272 cv) e E500 (V8 de 388 cv) – e a expectativa é que a E350 realize 90% das vendas. Uma versão Executive, mais completa nos equipamentos, com telas de DVD nos encostos de cabeça dos bancos dianteiros e cortinas que tornam privativo o banco traseiro também estará no mercado.

Entre os itens de série, destacamse: suspensão pneumática de controle eletrônico – que alia conforto e segurança –, medidas imediatas de segurança quando há percepção de um impacto inevitável, faróis que alteram seu facho em função da luz que surge em sentido contrário, controle de estabilidade e tração, sistema que detecta sonolência do motorista e deflagra um alerta, inflamento progressivo dos airbags dianteiros em função da gravidade do impacto, ar-condicionado de três zonas, sistema de auxílio ao estacionamento (lê o tamanho da vaga e instrui o motorista) e câmara automática de marcha à ré.

Vendida por R$ 269 mil, tem preço semelhante ao dos concorrentes, Audi A6 (R$ 270 mil) e BMW 530i (R$ 271 mil). Um carro perfeito? Ainda não: o freio de Estacionamento continua sendo acionado por meio de um pedal e solto por uma alavanca, um tanto primitivo para tanta tecnologia. Além disso, o cinto do passageiro quando solto bate na coluna, fazendo barulho em pisos irregulares. Tolerável em qualquer carro, mas imperdoável em um Mercedes, ícone de tecnologia e silêncio ao rodar. Apesar destes pequenos detalhes, o novo E é uma referência mundial de sedã.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

COMPARTILHAR
Notícia anteriorPara pequenas famílias
Próxima notíciaUma vida na fórmula 1