Edição 430

    NESTA EDIÇÃO

    “Sentar perto da Turn One e assistir àqueles monopostos passando debaixo do nariz a 400 km/h é bem diferente do que qualquer fã de F1 já viu.”

    Olhos eletrônicos, derivados de equipamentos militares, revelam objetos na escuridão. São câmeras especiais, que começaram a aparecer nos caros ainda no ano 2000. Saiba como funcionam

    Problema bastante comum, as trincas no para-brisa podem ser reparadas. Mas para isso é preciso seguir algumas regras básicas

    Ao volante do Citroën Traction Avant, as vantagens da tração dianteira, mais uma inovação do modelo com monobloco e assoalho traseiro plano

    As versões turbo do VW Polo têm como opcional o som premium Beats, mas não adianta alto-falantes poderosos se a montagem não está à altura

    Nova geração do Subaru Forester cresceu e ganhou sistemas semiautônomos, mas abandonou o turbo. Mesmo assim, agrada ao volante

    A Ford aproveitou a reestilização da Ranger para deixar sua picape média com um rodar mais confortável e mais parecido com o dos carros de passeio

    Linha 2020 da picape Fiat Toro ganha visual atualizado e novas versões para seguir no topo do ranking de vendas

    O Volkswagen Jetta GLI chega como nova configuração topo de linha do sedã médio. Com alma esportiva, ele usa o mesmo conjunto mecânico do Golf GTI e agora apresenta um visual que, enfim, casa com sua conhecida dirigibilidade afiada

    Em carros elétricos alimentados por célula de combustível a hidrogênio, como o Toyota Mirai, as demoradas recargas são substituídas por rápidos abastecimentos com o gás – somente se houver postos de combustível para isso. Veja como anda e funciona

    O Mercedes-Benz EQC marca a entrada da fabricante alemã na era dos carros de emissão zero. O novo SUV combina desempenho e conforto com autonomia adequada – e soluções para reduzir a ansiedade pela recarga

    O Jaguar I-Pace chegou ao Brasil. Esse crossover elétrico pode até parecer normal, mas é algo de outro mundo

    Na faixa de R$ 200 mil, as novas gerações dos japoneses Honda Accord e Toyota Camry apostam em conforto, tecnologia e dirigibilidade afiada. Boas alternativas para quem não entrou na moda dos onipresentes SUVs

    Melhor SUV a diesel, gasolina, flex ou híbrido? Ou, quem sabe, até mesmo um elétrico? Na faixa de preço até R$ 200 mil, o mercado brasileiro já tem muitas opções. Confira ofertas com cada tipo de mecânica e quanto gastam por ano em combustível*

    Gasolina, diesel ou híbrido? O Toyota RAV4 Hybrid estreia para eletrificar o segmento de SUVs médios e enfrenta modelos com mecânicas tradicionais na faixa a partir de R$ 160 mil. Será que vale mais a pena que o Chevrolet Equinox movido a gasolina ou o Jeep Compass 2020 com seu forte motor turbodiesel?

    O Renault Sandero recebeu uma atualização visual de meia vida. E ela veio acompanhada de um câmbio CVT, novos itens de segurança e outras melhorias

    COMPARTILHAR
    Notícia anteriorEdição 429
    blog comments powered by Disqus