Ele é O CARA!

Ele é unanimidade quando o assunto é carro customizado. Aqueles que gostam desse universo consideram o designer Chip Foose quase um semideus. E mesmo aqueles que não têm tanto fascínio pelo tema se encantam ao vê-lo desenhando à mão livre os automóveis do programa Overhaulin’. Proprietário da empresa Foose Design, o norteamericano de 49 anos começou no universo automobilístico aos 7, na empresa de seu pai. Incentivado por amigos da Ford e por Alex Tremulis (criador do Tucker Torpedo), aos 19 anos, ingressou no Art Center College of Design, em 1982. Mas a formatura foi apenas em 1990, já que, por dificuldades financeiras, ele abandonou o curso por alguns anos.

Ainda durante os estudos, Foose trabalhou ao lado de Boyd Coddington (astro do programa American hot rod e vítima de um câncer, em 2008). “Depois que saí da empresa dele em 1998, nossos laços de amizade foram rompidos”, conta Foose. “E lá estava eu sem emprego novamente, sem dinheiro e com minha esposa grávida. Foi então que decidi criar a Foose Design”, diz.

Trabalhando ainda anonimamente, ele teve seu primeiro reconhecimento público anos depois, quando um de seus trabalhos apareceu em documentário: era um Ford Thunderbird 2002 modificado e batizado de Speedbird. A partir daí, o sucesso apareceu. Em 2004, estreava o Overhaulin’. “Realizamos muitos sonhos. O programa não é um seriado de carros, mas sim de pessoas. Alguns episódios mexeram com os sentimentos da equipe”, comenta. A sétima temporada do programa estreia no dia 25 deste mês no canal de teve por assinatura Discovery Channel.

Foose também fez criações para os filmes Carros, 60 segundos e Blade Runner. Além disso, lançou modelos de rodas com o seu nome e uma coleção de miniaturas dos seus desenhos mais famosos e de alguns carros que participaram do Overhaulin.

Ao longo de sua carreira foram muitos carros transformados e muitos prémios conquistados – entre eles, o de mais jovem nomeado para o Hall da Fama dos Hot Rods, aos 31 anos –, mas o Hemisfear tem um lugar especial. “Tudo começou no colégio quando a Chrysler me procurou pedindo um veículo. Eu fiz e ele foi apresentado em 2006 durante o Sema Show (maior feira de customização realizada anualmente em Las Vegas, nos EUA) e teve uma produção limitadíssima de 50 unidades”, disse à MOTOR SHOW. Esse veículo também serviu de inspiração para o modelo Plymouth Prowler.

Entre suas marcas preferidas estão BMW, Audi e Aston Martin “Eu amo todos os carros, mas acho que essas  empresas fazemmodelos belíssimos”, explicou para a nossa reportagem. O mago dos traços também admira as releituras de clássicos. “Esses carros guardam uma herança do passado. A ideia é refinar a fórmula”, disse.

Foose é daquelas pessoas que nunca param. E, segundo ele, não houve um dia que tenha acordado sem inspiração. Apesar dos problemas pessoais, sempre se manteve motivado. “Minha filha caçula, Amy, tinha uma doença de envelhecimento rápido das células. Com 16 anos tinha aparência de uma pessoa de 65 anos. Todos se apaixonavam por ela. Eu via aquilo e pensava: sou uma pessoa abençoada por tê-la e pela minha vida”, nos confessionou o designer.

COMPARTILHAR
Notícia anterior90 anos de história
Próxima notíciaTest drive dos sonhos