Ele voltou: conheça detalhes do Chevrolet Monza que foi apresentado na China

Nova geração do clássico sedã da GM volta à vida no Salão de Xangai

Nova geração do Chevrolet Monza é um dos destaques da marca no Salão de Xangai 2019 (Foto: Auto Home)

Há muita especulação sobre o futuro dos carros da Chevrolet no Brasil atualmente, principalmente depois da marca revelar na semana passada o “novo Prisma”, sedã que deve chegar para, aos poucos, ocupar a vaga entre o Prisma de entrada e o Cobalt – a marca ainda não confirmou qual será a estratégia do novo carro.

Já do outro lado do mundo, na China e nesta semana, a marca mostrou de forma oficial a nova geração de um modelo super conhecido no Brasil, o Monza. E de acordo com a imprensa especializada local, o novo carro é totalmente diferente do que vimos nos sedãs que conhecemos por aqui.

Sim, o Monza chinês é superior ao nosso Prisma, ainda que não seja mais primoroso que nosso Cruze Sedan. Daria para dizer que ele substituiria o Cobalt à altura, com acabamento mais acertado e motorização mais moderna – por lá, ele usa o mesmo conjunto turbo que vai equipar nosso “novo Prisma”.

Há planos para o Monza por aqui? A Chevrolet do Brasil afirma que não comenta sobre o futuro de seu portfólio, mas fontes ligadas à marca disseram à Motor Show de que, ao menos por enquanto, o Monza é carta fora do baralho.

Na versão RS, Monza fica ainda mais “nervoso”. Desenho é bem acertado na frente e atrás (Foto: Auto Home)