ELÉTRICO: Nissan Leaf

Ele não é o carro elétrico mais vendido do mundo por acaso

Nissan Leaf

CONFIRA AQUI TODOS OS PREMIADOS NA COMPRA DO ANO 2020


› VERSÕES
Leaf R$ 195.000

Em 2019 houve uma verdadeira “invasão de elétricos” no Brasil. Por questão de custos e tributação, estes carros ainda são caros, mas, se o pioneiro e esquisito BMW i3 foi Compra do Ano 2019 por falta de rivais, agora os modelos 100% elétricos são oferecidos em maior número – e, com autonomia na faixa de 400 km, são uma alternativa real.

A oferta de elétricos começa na faixa de R$ 130 mil com o JAC iEV20 e passa de
R$ 450.000 no caso do Jaguar I-Pace. Ambos foram fortes concorrentes à Compra do Ano 2020. O JAC, além de ser o elétrico mais barato do Brasil, tem uma carroceria compacta que o faz perfeito para o uso urbano – cenário onde os carros que não poluem são mais valorizados e onde autonomia e carregamento não são problemas. O Jaguar, com um motor por eixo, tem dirigibilidade impecável, vai de 0-100 km/h em menos de cinco segundos e é uma oferta incrível, sem igual hoje para mudar sua opinião sobre os carros elétricos.

Mas, considerando o mercado (e que ainda não avaliamos o Chevrolet Bolt), a Compra do Ano 2020 é o Nissan Leaf. Na faixa de R$ 200.000, não é barato como o JAC nem rápido e sofisticado como o Jaguar, mas é o elétrico mais vendido do mundo. Apesar de detalhes negativos, como o freio de mão por pedal, o japonês nasceu para ser um carro elétrico – não é uma adaptação, como o JAC. Por isso mesmo, tem dirigibilidade mais bem acertada.
A agilidade do Leaf impressiona: são só 149 cv de potência, mas os 32,6 kgfm de torque estão sempre disponíveis, como em todo elétrico. É suficiente para andar mais que a maioria dos sedãs médios: 0-100 km/h em 7s9, com retomadas e acelerações empolgantes. Falando em sedã, o espaço na cabine e o tamanho do porta-malas são similares aos deles, assim como o acabamento interno – mas o Leaf custa cerca de R$ 80 mil a mais. É muito. Então, o Nissan pode até ser a melhor opção de carro elétrico hoje no mercado brasileiro, mas ainda é uma opção para poucos.

Potência 149 cv › Porta-malas 435 litros › Consumo A › Versão indicada Vendido em versão única

Confira abaixo os vencedores em cada categoria (clique nos links para ler a avaliação completa):
HATCH URBANO: Renault Kwid
HATCH COMPACTO: Hyundai HB20
HATCH PREMIUM: Mercedes-Benz Classe A
SEDÃ COMPACTO: Hyundai HB20S
SEDÃ MÉDIO: Toyota Corolla
SEDÃ GRANDE: Honda Accord
SEDÃ PREMIUM: Volvo S60
SEDÃ DE LUXO: Audi A6
STATION WAGON: Volvo V60
MONOVOLUME: Chevrolet Spin
HÍBRIDO: Toyota Corolla
ESPORTIVO: Porsche 911
CONVERSÍVEL: BMW Z4
AVENTUREIRO: Fiat Argo Trekking
SUV COMPACTO: Volkswagen T-Cross 
SUV MÉDIO: Toyota RAV4
SUV PREMIUM: Range Rover Evoque
SUV DE LUXO: Audi Q8
SUV 4X4: Mitsubishi Pajero Sport
PICAPE MÉDIA: Ford Ranger
PICAPE MONOBLOCO: Fiat Toro

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel