Elon Musk vai reembolsar cliente que gastou R$ 16 mil em app da Tesla

O primeiro Model 3, de código SN1 (Serial Number 1), foi produzido no início de julho. O carro foi uma encomenda de Ira Ehrenpreis, membro do conselho de administração da Tesla, que o deu para Musk

Um cliente frustrado que afirmou ter gasto mais de US$ 4 mil (cerca de R$ 16 mil) em uma compra acidental no aplicativo da Tesla vai receber seu dinheiro de volta, segundo o CEO da empresa Elon Musk, informa o site da Business Insider.

+ Avaliamos o Tesla que Elon Musk mandou para o espaço
+ Picape Tesla Cybertruck “fake” à venda por menos de R$ 6.000
+ Elon Musk quer colocar o novo Tesla Roadster para voar

Na quarta-feira, o cliente Nassen Taleb postou em sua conta no Twitter a troca de mensagens com um funcionário da Tesla que recusou reembolsar a compra que havia sido feita, segundo Taleb, acidentalmente.

Taleb não especificou que acessórios ou serviços ele comprou pelo aplicativo da montadora de carros elétricos, mas postou uma mensagem recebida de um funcionário do Serviço de Atendimento ao Cliente.

Na mensagem, o funcionário diz que o pedido de Taleb é comparável ao de uma pessoa que pede uma reforma em casa, depois de pronta diz que não ficou satisfeito e pede reembolso.

Musk, um dos CEOs mais ativos no Twitter, respondeu a postagem dizendo que vai garantir o reembolso. Taleb informou que a compra se deu acidentalmente, com seu celular no bolso.

Veja também

+ Fiat faz desconto em toda a linha; preço do Toro cai R$ 32 mil
+ Acesso de fúria de macaco deixa um homem morto e 250 pessoas feridas na Índia
+ Risco de casos graves de Covid é 45% maior em pessoas com sangue do tipo A, segundo pesquisadores europeus,
+ Aprenda a fazer o brigadeiro de paçoca de Ana Maria Braga