Empresa cria elétrico com cara de Ford Mustang clássico

Serão produzidas 499 unidades do esportivo, que serão vendidas por 300 mil libras (cerca de R$ 1,450 milhão) cada

Ford Mustang elétrico (Divulgação)

A startup britânica Charge Automotive anunciou que vai produzir 499 unidades de um carro elétrico que utiliza a mesma carroceria do Ford Mustang dos anos 1960.

Usando carrocerias novas licenciadas oficialmente pela Ford, o Mustang elétrico será equipado com um par de motores, capazes de desenvolver a potência combinada de 476 cv. Alimentado por um conjunto de baterias de 64 kWh, o esportivo elétrico atinge os 100 km/h em pouco mais de quatro segundos e tem autonomia de até 322 km.

A expectativa é iniciar a entrega dos primeiros exemplares em setembro. Cada exemplar terá o custo inicial de 300 mil libras (cerca de R$ 1,450 milhão). O primeiro exemplar do esportivo será mostrado em no início de julho, durante o Festival de Velocidade de Goodwood (Reino Unido).