Entenda por que VW Fox 1.6, Renault Sandero Authentique e Ford Ka S 1.0 são bons negócios

Dei uma olhadela no mercado e algumas dessas boas ofertas me chamaram a atenção. Confira:

VW Fox Connect (Foto: Divulgação)

O ano está iniciando e assim como nós, pobres mortais, as grandes montadoras também precisam pagar suas contas. Como venderam muito bem em novembro e dezembro, o mercado fica meio em marcha lenta nesse mês de janeiro. Mas as fábricas continuam produzindo. E as linhas de montagem continuam cuspindo carros que, se não forem vendidos, vão entupir os estoques. Por isso, janeiro é o mês que surgem boas e interessantes ofertas de carros novos. Se você ainda não comprou o seu, talvez tenha chegado a hora de fazer um bom negócio e começar 2018 de carro novo.

Todos sabemos que o moderno VW Polo tem como uma de suas missões, ocupar a vaga do veterano VW Fox, lançado em 2003 e que, apesar de ter passado por algumas reestilizações importantes, basicamente é o mesmo carro que chegou no mercado há 15 anos. Esse fato é um demérito? Claro que não, pois o feliz projeto do Fox premiou o hatch da Volkswagen com qualidades que, até hoje, poucos compactos conseguem ter no mercado nacional. Um deles, é a ergonomia elogiável, principalmente para as famílias de estatura mais alta e pernas mais compridas. Atualmente, o Fox vende cerca de 2.500 carros/mês e a Volks não seria leviana de tirar de linha um carro que atende as necessidades de, aproximadamente, 30 mil compradores por ano. A marca alemã, então, reduziu drasticamente o número de versões para apenas duas: uma civilizada versão Connect, que custa a partir de R$ 49,990 e outra, chamada de Xtreme, de visual esportivo e que agrada o público mais jovem, essa custando R$ 54,990. Ambas são oferecidas com o motor 1.6 8V flex, o confiável EA111 de 104 cv. Apesar de ser um motor já em produção há, pelo menos, 15 anos, ainda é econômico e oferece boa dirigibilidade nas baixas rotações.

Mas, o que chamou mesmo a minha atenção foi seu pacote de equipamentos de série: Desde ar-condicionado, direção elétrica, rodas de liga leve de 15 polegadas, trio elétrico, passando por volante multifuncional, computador de bordo e até piloto automático e central multimídia touchscreen. A versão Xtreme possui, além dos itens da Connect, câmera de ré, rodas de liga-leve diamantadas de 16 polegadas, além dos adereços estéticos que remetem a esportividade. Opcionalmente, a versão Connect pode ser adquirida com o câmbio automatizado I-Motion, por R$ 53.390. Pelo preço da versão Connect, é possível a aquisição de outros modelos da própria VW, como, por exemplo, o Polo 1.0, versão básica, pelos mesmos R$ 49.990.

Renault Sandero Authentique
Renault Sandero Authentique (Foto: Divulgação)

Se você busca um carro com o mesmo conforto do Fox, mas ainda mais econômico e R$ 10 mil mais barato, dê uma boa olhada no Sandero Authentique, que está sendo ofertado pela Renault. O carro é oferecido completinho, com ar-condicionado, direção eletro-hidráulica, vidros dianteiros elétricos, travas elétricas, indicador de trocas de marcha, limpador e desembaçador do vidro traseiro, entre outros. Falta a esse Sandero, no meu entender, um sistema de som e um belo e vistoso jogo de rodas de liga-leve. O motor é o moderno e econômico 1.0 SCe de três cilindros, com 82 cv. Com o mesmo conforto do Fox 1.6, ele pode ser adquirido por R$ 39.990. Se você faz questão de um Sandero ainda mais equipadinho, a Renault oferece uma versão chamada de Vibe, essa custando R$45.990 e equipada com ar-condicionado, direção eletro-hidráulica, trio elétrico, rodas de liga-leve de 15 polegadas, central multimídia, controles de som na coluna de direção, computador de bordo, faróis de neblina e sensor de ré. A mecânica é a mesma da versão Authentique. Seus diferenciais, além da lista de itens de série mais recheada, são os detalhes estéticos que dão personalidade ao modelo. Para ter esse Sandero Vibe, com mais itens que o Authentique, você terá que desembolsar mais R$6 mil.

Ford Ka S 1.0

Para quem não gosta muito do design do Sandero, uma outra boa oferta do mercado é a do Ford Ka. Pelos mesmos R$39,990, você leva para casa o Ford Ka S. equipado com um bom motor 1.0 3 cilindros que produz saudáveis 85 cv e que oferece ao motorista baixos índices de consumo de combustível. Apesar de custar o mesmo preço do Sandero, o modelo da Ford é ligeiramente menor e não oferece espaços tão abundantes de interior quanto o carro da Renault. Mas, sem dúvida, tem o seu charme. Tanto que foi o terceiro carro mais vendido do mercado nacional no ano passado. De série, o Ka vem com ar-condicionado, direção elétrica, travas elétricas, Isofix, limpador e desembaçador do vidro traseiro, abertura elétrica do porta-malas e indicador de trocas de marcha.

Ford Ka S (Foto: Divulgação)

Outras opções

Se nenhum desses carros te agradou, não fique frustrado. O carro que te agrada pode estar em uma promoção regional, e dessa forma, você pode adquirir esse carro por um preço vantajoso. É preciso pesquisar, pois existem marcas que trabalham mais com promoções regionais, e não nacionais, como nos três carros acima.

Outra coisa que pesquisei foi a tal da promoção em que o financiamento é feito pelo preço a vista, sem a cobrança de juros. Por um carro de pouco mais de R$ 90 mil que vinha sendo anunciado em 36 vezes sem juros, descobri pesquisando que a marca pedia quase R$ 70 mil de entrada. Ou seja, eles financiavam em 36 vezes os pouco mais de R$ 20 mil restantes. Uma piada! Em um outro caso, um carro de cerca de R$ 50 mil pedia uma entrada de R$ 44 mil e os R$ 6 mil restantes poderiam ser pagos em 24 parcelas sem juros. Outra piada, essa das boas! Por isso, antes de fechar negócio, pesquise. Mesmo em concessionárias de outros estados, as vezes vale a pena uma viagem para comprar um carro novo com desconto muito melhor. E boa sorte!

Veja também

+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA

+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial

+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar