Ex-McLaren faz cadeirinha de bebê com tecnologia militar

Baby Ark: a cadeirinha de bebê desenvolvida por ex-designer da McLaren
Baby Ark: a cadeirinha de bebê desenvolvida por ex-designer da McLaren

O que acontece quando você junta um ex-designer da McLaren, uma cadeirinha de bebê e tecnologia militar. A resposta é Baby Ark. O produto é uma cadeirinha de carro para bebês desenvolvida por Frank Stephenson, ex-designer da montadora britânica com tecnoligia de tanques de guerra israelenses.

A cadeirinha tem o design semelhanta ao de bancos de carros hiperesportivos, como o da Ferrari F430 e o McLaren P1, que Stephenson também ajudou a desenvolver. Ela fica instalada em uma base de fibra de carbono com sensores que avisam ao motorista se o bebê dormiu. Ela conta ainda com um alerta para que o bebê não seja esquecido no carro.

+ Honda faz minivan com proteção contra coronavírus
+ Confira a lista das cadeirinhas mais seguras da América Latina
+ Novitec apimenta McLaren Senna para 900 cv de potência

Mas um dos principais recursos de segurança é um amortecedor desenvolvido por engenheiros militares israelenses para minimazar os impactos de explosões e colisões em em ocupantes de tanques de guerra e veículos blindados.

A cadeira conta com um dispositivo de amortecimento contra impactor presente também em tanques e blindados israelenses
A cadeira conta com um dispositivo de amortecimento contra impactor presente também em tanques e blindados israelenses

O Baby Ark deve ser lançado oficialmente no mercado no final de 2021. A empresa ainda não divulgou a faixa de preço, mas afirma que o produto estará entre os mais caros do mercado. Inicialmente o Baby Ark estará disponível para carregar crianças dos 0 a 4 anos de idade, mas a empresa estudo modelos para outras idades. A venda será feita pelo site da marca

Veja também

+ Fiat faz desconto em toda a linha; preço do Toro cai R$ 32 mil
+ Acesso de fúria de macaco deixa um homem morto e 250 pessoas feridas na Índia
+ Risco de casos graves de Covid é 45% maior em pessoas com sangue do tipo A, segundo pesquisadores europeus,
+ Aprenda a fazer o brigadeiro de paçoca de Ana Maria Braga