Ferrari anuncia dois recalls simultâneos da LaFerrari

Não são só os modelos normais que enfrentam os recalls. Nos Estados Unidos, a Ferrari e a NHTSA (órgão do governo americano que cuida da segurança veicular), anunciaram o recall de 85 unidades do superesportivo LaFerrari, produzidos entre maio de 2014 e março de 2015, não por uma, mas por duas falhas críticas.

O primeiro problema está relacionado a falha no software do medidor de pressão dos pneus. De acordo com o fabricante, em caso de furo, o motorista vai receber um alerta de pneus com baixa pressão e a recomendação de não se exceder os 80 km/h, e não o aviso de parada imediata. Isso pode até parecer um preciosismo por parte do fabricante, mas no caso de uma máquina híbrida de 963 cv, um pneu furado pode levar a perda imediata do controle do automóvel.

No outro recall, que também envolve todas as unidades do modelo vendidas nos EUA, exige a troca dos apoios de cabeça, que não atendem as normas de colisão americanas.

Veja também

+ A biblioteca básica do motociclista cool

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial

+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar