Ferrari de 1957 é vendida por 32 milhões de euros

Divulgação

Uma Ferrari 335 Sport Scaglietti de 1957 se tornou o carro mais caro já vendido em euro em um leilão. O esportivo clássico, até então de propriedade de um colecionador francês, passou para as mãos de comprador de fora da Europa por 32,1 milhões de euros (o equivalente a R$ 140 milhões) em um leilão realizado no último dia 5, em Paris.

Além do estado impecável de conservação, o que por si só já qualificaria a Ferrari a um bom patamar de preço, o exemplar teve um bem sucedido histórico nas pistas (2º colocado na Mille Miglia de 1957, volta mais rápida nas 24 Horas de Le Mans do mesmo ano e vencedor no GP de Cuba de 1958). Para completar, o esportivo de Maranello já foi guiado por grandes nomes do automobilismo mundial, numa lista que vai de Juan Manuel Fangio a Michael Schumacher.

Apesar desta Ferrari 335 ter atingido o valor mais alto para um carro em euro, o recorde em dólar ainda é de uma Ferrari 250 GTO de 1962, que foi vendida nos Estados Unidos, em 2014, por US$ 38.115.000.

Veja também

+ A biblioteca básica do motociclista cool
+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas
+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial
+ Os 20 carros 1.0 mais econômicos do mercado brasileiro
+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar